Governo de Rondônia
Sexta, 15 de novembro de 2019

SAÚDE

1º Simpósio de Hepatites Virais realizado pela Agevisa acontece na capital e reúne profissionais de todo o estado

03 de julho de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Vários profissionais de diversas áreas estiveram presentes na abertura do Simpósio

 

O 1º Simpósio de Hepatites Virais iniciou nesta quarta-feira (3) e reuniu cerca de 200 profissionais da área médica, pesquisadores e estudantes de vários municípios do Estado, no auditório do Rondon Palace Hotel, em Porto Velho. O simpósio realizado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), em parceria com a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) busca debater e capacitar profissionais que atuam com o diagnóstico, tratamento e manejo clínico de portadores virais de hepatites.

“No primeiro dia de evento, os profissionais receberam oficinas voltadas a atualização no manejo clínico das hepatites virais. Já nos dias 4 e 5 vão receber oficinas e palestras voltados ao diagnóstico, tratamento entre outras palestras. Estamos investindo em nossos profissionais para que eles possam identificar o problema o quanto antes, e vincular este usuário ao serviço de saúde”, destacou a coordenadora estadual das hepatites virais da Agevisa/RO, Francielene Alves.

Existem no mínimo seis tipos de hepatites virais, A, B, C, D, E e ainda hepatite autoimune. São um grupo de doenças que atacam o fígado podendo evoluir para câncer. O meio de transmissão se dá de várias formas, como contato com água e alimentos contaminados, fluídos corporais, objetos cortantes e relações sexuais sem preservativo entre outros meios. No dia 28 deste mês comemora-se o Dia Mundial de Combate as Hepatites Virais, por isso julho, também chamado de mês amarelo é voltado à prevenção e conscientização das doenças, e conta com uma série de atividades e campanhas educativas.

“A nossa intenção é todos os anos fazer o lançamento da campanha de prevenção às hepatites virais junto com o Simpósio, com foco na capacitação desses profissionais”, esclareceu a coordenadora.

Segundo a coordenadora estadual do núcleo de IST/AIDS e Hepatites Virais , Gilmarina Silva, em Rondônia a

Os participantes receberam materiais de apoio com informações sobre hepatite

procura pela prevenção contra as hepatites aumentou, devido a grande oferta de vacinas e testes rápidos que possibilitam o rápido diagnóstico do problema.

“Com a oferta dos testes rápidos da hepatite B e hepatite C, nós temos encontrado novos casos. Esses são testes de triagem, logo após isso os profissionais solicitam os testes sorológicos para fazer acompanhamento e receber os devidos tratamentos”, explica Gilmarina Silva.

Sônia que participou da abertura do Simpósio, avalia o evento como de grande importância. “Pra mim que sou do interior é um pouco complexo a questão de regular um paciente com uma hepatite. E eu acredito que o simpósio vai ajudar bastante a agregar conhecimento nessa e em outras questões ligadas as hepatites virais”, concluiu a participante.

 

Leia mais:

 Produtores comemoram aumento de produção após regularização por meio de programa de inclusão e segurança sanitária da Agevisa

 Com ampla imunização em todo o Estado, Agevisa reforça prevenção de doenças com atualização das vacinas de rotina

 Lista de classificados na primeira fase da seleção de estagiários da Agevisa será divulgada na segunda-feira, 8


Fonte
Texto: Anayr Celina
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Cursos, Evento, Governo, Municípios, Rondônia, Servidores, Sociedade


Compartilhe