Governo de Rondônia
Terça, 03 de agosto de 2021

5º Batalhão da Polícia Militar usa interação com a comunidade para reduzir criminalidade

19 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

5 - comand;A interação com a comunidade é a forma como o tenente coronel Alexandre Luiz Freitas Almeida, comandante do 5º BPM utiliza para reduzir o índice de criminalidade numa jurisdição que compreende 34 bairros, incluindo toda a Zona Leste da cidade de Porto Velho, além dos municípios de Candeias do Jamary e Itapuã do Oeste; distritos de Jacy-Paraná, Nova Mutum,  União Bandeirantes, Nova Jirau e as localidades de Triunfo, Vila Nova de Samuel.

Um dos trunfos de tarefa é a participação de policiais militares, que atuam como voluntários em atividades voltadas para estudantes. “Estamos vencendo, mas ainda há um grande desafio a ser superado”, avalia o comandante.

Defensor deste método, o tenente coronel Almeida, diz que o resultado pode ser conferido na escola estadual Ulisses Guimarães, no bairro Jardim Santana, em plena Zona Leste da cidade. Lá, o Projeto “PM na Escola” mobiliza alunos em atividades extracurriculares com policiais militares, que atuam como voluntários ministrando aulas de violão, instrumentos de sopro e karatê. A ação, diz o comandante, é bem acolhida pela comunidade. Em episódio recente, um homem invadiu o estabelecimento para atacar um aluno. Foi contido pelos policiais que estavam nas aulas e, assim, um crime grave foi evitado.

5 - comandanteInformalmente, a escola Ulisses Guimarães foi “adotada” pelo 5º BPM e, se dependesse do comandante Almeida, outras 45 existentes em sua jurisdição teriam o mesmo tratamento. “Não temos efetivo suficiente para isto, mas sabemos que este é o melhor caminho para atender a demanda na área de segurança”, diz. O tenente coronel Almeida avalia que uma das origens do problema da criminalidade está na falta de controle dos pais sobre os filhos e que isto faz com que a violência se instale dentro das escolas.

Prevenção

Uma das agravantes que contribui para o avanço da violência nos bairros é, segundo o tenente coronel Almeida, a falta de serviços como iluminação pública e ruas devidamente urbanizadas. Estas carências são, na avaliação do militar, ambiente propício para a criminalidade e faz com que o comércio e uso de drogas se fortaleça nos bairros.5 - comandante 5 bpm

Contra estes problemas, o 5º BPM avança na interação com a comunidade. O tenente coronel Almeida mantém encontros regulares com lideranças comunitárias, com quem discute estratégias de segurança e ouve reivindicações. As reuniões são chamadas de “Café com Lideranças” e acontecem uma vez por mês. A outra meta do comandante do 5º BPM é realizar ampla prestação de serviço à comunidade, com atendimento social, médico e jurídico, que tenha a participação de diversos segmentos da sociedade. Com esta presença nos bairros, segundo ele, é possível oferecer mais segurança. A experiência foi realizada com sucesso nos bairros Ulisses Guimarães e Tancredo Neves em outra ocasião e o índice de violência caiu a quase zero.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Marcos Freire
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Segurança


Compartilhe