Governo de Rondônia
Quinta, 13 de maio de 2021

Ações da Junta Comercial são certificadas

12 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

2 - cerificado junta

A Junta Comercial do Estado de Rondônia (Jucer) recebeu nesta terça-feira (10) pelo segundo ano consecutivo o certificado Precatório Zero, concedido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região – Rondônia e Acre. A certificação é um reconhecimento às instituições públicas que honraram com seus compromissos na quitação de créditos alimentícios.

De acordo com Henrique Souza Leite, presidente da instituição, esse reconhecimento é de grande importância. “Demonstra que o Governo do Estado através da Jucer vem honrando suas obrigações referentes a dividas trabalhistas”.

1 - prêmioÀ frente da instituição desde março de 2012, Henrique Leite conta que um dos grandes desafios de sua gestão foi a reivindicação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração da categoria (PCCR). “Tivemos um mês de greve em 2012 onde foi feito um acordo através da Mesa de Negociação Permanente dando continuidade ao processo e atendendo aos trabalhadores”, explica Henrique.

Investimentos foram realizados com a abertura de escritório em Buritis, um pedido da Associação Comercial e escritórios de contabilidade da região e a descentralização do escritório regional de Jaru, que passou a ter autorização para a realização de todos os atos como julgamentos, emissão de certidões e análises de livros contábeis.

Em parceria com a Junta Comercial de Minas Gerais, Sebrae Nacional e Departamento de Registro Empresarial e Integração (Drei), a Jucer disponibiliza serviços como a abertura de empresas e alterações cadastrais através do sistema do portal de serviços disponibilizado no próprio site da Jucer.

Foi feita ainda a aquisição de 50 computadores para a sede e 11 escritórios regionais, já entregues no interior, para melhorar o serviço, dando fluidez à demanda e melhorando as condições de trabalho. “Iremos implantar agora a segunda etapa do Integrador nas prefeituras. O projeto piloto contempla Porto Velho e a Secretaria do Estado de Finanças (Sefin), que tem como objetivo integrar todos os órgãos via portal facilitando o acesso para os usuários”, ressalta Henrique.

Na sequência, serão implementados os processos em Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena. “Dependemos apenas do Drei que possui muitos projetos para as Juntas estaduais visando a legalização das empresas, no sentido de desburocratizar o ato de registro”, afirma Henrique.

A Jucer disponibiliza os serviços de consulta de viabilidade, requerimento de empresário eletrônico e FCN eletrônico, que são documentos obrigatórios para o processo de abertura de empresas, além do contrato padrão para abertura e baixa, que são facultativos através do site www.jucer.ro.gov.br .

“Estamos no propósito de buscar melhorias e, apesar de ser um órgão que tem sua arrecadação oriunda apenas das taxas que cobra, tem a intenção de investir em tecnologia para buscar a satisfação da classe empresarial, que é a usuária dos nossos serviços”, finaliza Henrique.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Romeu Noé
Fotos: Marcos Freire
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Empresas, Governo, Rondônia


Compartilhe