Governo de Rondônia
Terça, 02 de março de 2021

PREVENÇÃO

Agência Estadual de Vigilância em Saúde vai às ruas em campanha contra doenças durante o carnaval

23 de fevereiro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Banner Agevisa - Carnaval Bloco IST 2017Depois de realizar extenso trabalho de divulgação e orientação sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), a Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa) inciou nesta quinta-feira (23) a campanha por um carnaval seguro, livre de doenças como aids, sífilis, hepatites e até da dengue, chikungunha e a zika, que também é sexualmente transmissível.

Segundo a enfermeira Gilmarina Silva Araújo, da Coordenação de IST, Aids e Hepatites Virais da Agevisa, todo o trabalho durante as festas de carnaval é feito com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde, que por meio de seus técnicos vão levar aos foliões material informativo, como leques com informações essenciais sobre as infecções e as formas de contágio, além de fazer a distribuição de preservativos masculinos e femininos, com a recomendação do sexo seguro.

O governo de Rondônia mantém um trabalho contínuo de orientação sobre as IST, mas a campanha para o carnaval seguro começou no último dia 17, no Espaço Alternativo, em Porto Velho, com a divulgação de materiais informativos e preservativos, realização de testes rápidos, e continua durante o carnaval com orientação para a prevenção.

O que o folião precisa saber, é que a festa de carnaval potencializa a disseminação de doenças, como aids e sífilis, pelos riscos a que todos se expõem com a ingestão de álcool, uso de drogas e a prática de sexo sem segurança. Mas existem outras infecções não menos perigosas, como a hepatite A, que podem ser transmitidas por um simples beijo na boca ou contato direto com latas e garrafas de bebidas ou alimentos infectados.

A proposta da Agevisa é que todos se divirtam bastante, mas com segurança, para que a festa não se transforme depois num pesadelo.

Leia mais:

Governo de Rondônia lança campanha ‘Não Desvie o Olhar’


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde


Compartilhe