Governo de Rondônia
Sexta, 18 de janeiro de 2019

Hanseníase

Governo do Estado de Rondônia

Hanseníase é uma doença dermato-neurológica, infecciosa, crônica, de evolução lenta e de grande importância para a saúde pública devido à sua magnitude e seu alto poder incapacitante especialmente na faixa etária economicamente ativa.

A doença acomete principalmente a pele e os nervos periféricos, mas também se manifesta como uma doença sistêmica com comprometimento dos olhos, rins e outros órgãos.

Sinais e Sintomas 

Os sintomas da hanseníase incluem: Sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades; manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com alteração da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato; áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da secreção de suor; caroços e placas em qualquer local do corpo; e diminuição da força muscular (dificuldade para segurar objetos).

Transmissão

A transmissão ocorre através do contato direto com doentes sem tratamento, pois estes, eliminam os bacilos através do aparelho respiratório superior em meio as secreções nasais e gotículas da fala, tosse e espirro. No caso dos doentes que recebem tratamento médico, não há risco de transmissão.

Tratamento 

A hanseníase tem cura. O tratamento é feito nas unidades de saúde e é gratuito. A cura é mais fácil e rápida quanto mais precoce for o diagnóstico. O tratamento da hanseníase é via oral, constituído pela associação de dois ou três medicamentos e é denominado poliquimioterapia, padronizado em todo o Brasil.

Prevenção

Uma importante medida de prevenção é a informação sobre os sinais e sintomas da doença, pois, quanto mais cedo for identificada, mais fácil e rápida ocorrerá a cura.

Documentos e Serviços


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube