Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

SEMINÁRIO

Agricultura familiar com tecnologia é prioridade para Emater

06 de março de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Produtos da agricultura familiar

Produtos da agricultura familiar

Valorizar a agricultura familiar e ampliar a oferta de novas tecnologias de produção para as mais de 110 mil propriedades rurais de Rondônia. Estas são algumas iniciativas defendidas pelo diretor-presidente da Emater, Luiz Gomes Furtado, que participa no dia 12 de março, em Ouro Preto do Oeste, do seminário “Incentivo ao Setor Produtivo de Rondônia”.

O encontro será uma oportunidade única para que os membros de mais de mil cooperativas e associações rurais convidadas pela Emater, oriundas de todo o estado, possam discutir propostas para a destinação dos recursos do BNDES, via PIDISE, no valor de R$ 50 milhões, que o Governo do Estado deverá liberar, até o final de 2015, para a execução de uma série de obras e aquisição dos mais diversos equipamentos em apoio ao setor produtivo.

Luiz Gomes Furtado defende que parte desses recursos sejam aplicados em infraestrutura, aquisição de máquinas e implementos agrícolas, e em insumos como calcário e adubação do solo. Ele destaca também que é importante investir em segmentos produtivos ligados à agricultura familiar, como a pecuária leiteira, a cafeicultura com o café clonal e a piscicultura, além da ampliação dos investimentos do governo na área de regularidade ambiental, através do CAR (Cadastro Ambiental Rural).

Em Rondônia, mais de 85% das propriedades são ocupadas pela agricultura familiar, com até 250 hectares de área. “São milhares de produtores rurais, de todos os níveis, que contribuem com o desenvolvimento do estado”, diz. “O fomento à agricultura deve andar lado a lado com as novas tecnologias de produção”, finaliza.

Instituições

O seminário está sendo organizado pelo Governo do Estado, por iniciativa do governador Confúcio Moura, e terá a presença de diversas entidades, como a Universidade Federal de Rondônia (Unir), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Sedam, Banco da Amazônia, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco do Povo, Câmara Setorial do Café, Companhia de Mineração de Rondônia, além da Sepog, Seagri, Idaron e Emater.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Sandro André
Fotos: Arquivo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Economia, Evento, Governo, Rondônia, Tecnologia


Compartilhe