Governo de Rondônia
Domingo, 07 de março de 2021

PRODUÇÃO ORGÂNICA

Agroecologia amplia espaço entre agricultores familiares em Rondônia

03 de maio de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Atendendo à chamada pública feita pelo governo federal, a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) assumiu em Rondônia a responsabilidade de promover a agricultura familiar agroecológica, orgânica e agroextrativista.

Em todo o estado mais de três mil famílias são acompanhadas pela Emater

Em todo o estado mais de três mil famílias são acompanhadas pela Emater

Cerca de 30 dos 52 municípios rondonienses estão sendo atendidos pela Emater, e mais de três mil famílias estão sendo beneficiadas por meio de duas chamadas públicas.

O crescimento da produção orgânica e de base agroecológica é uma resposta à demanda da sociedade por produtos mais seguros e saudáveis. Com isso, por meio de aulas teóricas e práticas, famílias estão sendo instruídas a esta produção no estado.

“Nós temos como objetivo prestar serviços de assistência técnica e extensão rural às famílias de agricultores rondonienses, visando consolidar e ampliar os processos de promoção da agroecologia existentes”, disse Jaime Martin Miranda, coordenador da chamada pública da Emater na região de Cacoal.

Temas como conservação de solo, controles alternativos para pragas e doenças, segurança alimentar, conservação dos biomas e da biodiversidade, comércio  justo e também o protagonismo dos jovens e das mulheres na agroecologia são debatidos em encontros quinzenais.

“É muito bom para nós termos esse suporte. O início é difícil. Quando optamos pela agroecologia tivemos que ir aprendendo aos poucos. Mas hoje o governo já nos oferece toda estrutura, e cada vez mais agricultores estão seguindo por este caminho, que é a agroecologia”, destacou a agricultora Ágda Maria Broensdrup, que há sete anos trabalha com a agroecologia em Cacoal.

Ágda e a família trabalham com hortaliças e diversas frutas, que comercializam em feiras e através da entrega direta para clientes que prezam pelos produtos agroecológicos.

Para se ter ideia do avanço da agroecologia entre os agricultores familiares em Rondônia, no início apenas 40 famílias participavam do projeto em Cacoal. Em três anos, este número dobrou, e hoje são 80 famílias atendidas pela Emater, que disponibiliza nove extensionistas rurais, entre eles engenheiros agrônomos e engenheiros florestais. A chamada pública da agroecologia teve início em 2014 e ainda tem pela frente mais seis meses de encontros, trocas de experiências e conhecimentos.

Leia mais:
Governo de Rondônia incentiva implantação de cadeiras de agroecologia e produção orgânica no campus Instituto Federal em Porto Velho
Câmara Setorial de Agroecologia propõe organização do setor e crescimento da produção de alimentos saudáveis em Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Capacitação, Cursos, Ecologia, Economia, Governo, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe