Governo de Rondônia
Sábado, 12 de junho de 2021

AGRONEGÓCIO

Agroecologia ganha vitrine na 4ª Feira Rondônia Rural Show

11 de maio de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Rondônia Rural Show ´w realizada em Ji-Paraná

Rondônia Rural Show ´w realizada em Ji-Paraná

Uma das inovações deste ano da 4ª Feira de Agronegócios Rondônia Rural Show é a “Vitrine do Agronegócio”. O espaço, criado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri), será essencial para a demonstração de técnicas de produção sem agrotóxico, principalmente para os agricultores familiares.

Segundo o coordenador do maior circuito de agronegócio da região Norte, Fernando Batistão, as técnicas são difundidas pela Emater-RO durante as atividades de assistência técnica e extensão rural, e ensinadas no curso de agroecologia do Instituto Abaitará em Pimenta Bueno. As demonstrações sobre como o agricultor familiar pode alcançar bons índices de produtividade, integrando o cultivo de hortaliças com a criação de galinha caipira (avicultura), utilizando apenas adubo orgânico, por exemplo, serão realizadas por extensionistas da Emater e alunos concluintes do curso de agroecologia.

De acordo com o gerente de Agroecologia da Seagri, Alexsandro Quirino, é possível aumentar a produtividade no campo sem usar defensivos agrícolas, apenas com o método de associar a compostagem com os biofertilizantes (esterco fresco de gado fermentado com ervas de controle de pragas e insetos). Quirino disse, ainda, que a agroecologia ensina apenas métodos para repelir pragas e insetos, buscando manter o equilíbrio dos microrganismos que interagem no processamento do adubo orgânico.

Alessandro Quirino

Alessandro Quirino, gerente de agroecologia

Por intermédio das chamadas públicas de assistência técnica e extensão rural, liberadas pelo Ministério do Desenvolvimento (MDA) à Emater, 650 agricultores familiares receberão orientações para a produção com técnicas em agroecologia, como uso de adubos verdes, compostagem, diversificação de culturas e a confecção de biofertilizantes para controle de pragas e repelentes de insetos.

Durante quatro dias, os técnicos da Emater e os alunos do Instituto Abaitará irão demonstrar para os visitantes as práticas de campo realizadas com agricultores. A Feira será realizada de 27 a 30 de maio, no parque de exposição Hermínio Victorelli, em Ji-Paraná, e deverá movimentar cerca de R$ 700 milhões em propostas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: Abdoral Cardoso
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Ecologia, Tecnologia


Compartilhe