Governo de Rondônia
Sexta, 06 de dezembro de 2019

ARTES PLÁSTICAS

Alunas que pintaram belezas de Rondônia são premiadas em frente ao Palácio Rio Madeira

22 de novembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Arely, Sara e Damares, as três alunas premiadas, mostram os quadros pintados na manhã desta sexta-feira

 

As três vencedoras do concurso Rondônia e suas belezas naturais receberam homenagem em frente ao Palácio Rio Madeira (sede do governo estadual), às 14h desta sexta-feira, logo após sair o resultado de sua classificação entre os 14 representantes de escolas estaduais.

Sara Mendonça Mesquita da Silva, 13 anos, aluna da Escola Euclides Barbosa, de Pimenta Bueno, pintou o Vale do Apertado, formado por mata exuberante e 16 cachoeiras com quedas-d’água que variam de oito a 70 metros de altura. Obteve o primeiro lugar e ganhou uma viagem para o Rio de Janeiro.

Arely Zilem Ortega Nova, 14, boliviana de San Joaquin (Beni), aluna da Escola Angelina dos Anjos, em Costa Marques, pintou uma paisagem das margens do Rio Guaporé, que divide o Brasil e a Bolívia. Receberá o segundo prêmio, um notebook.

Damares Senhorinho Souza, 13, aluna da Escola Migrantes, em Mirante da Serra, pintou a Cachoeira do Ratunde, da Linha P.28, no município de Alto Alegre dos Parecis. No início da pintura, Damares teve falta de ar, logo socorrida pelo serviço de saúde do Palácio Rio Madeira; 15 minutos depois, voltou e concluiu a obra. Ganhará um tablet.

Ao saudar os vencedores, o secretário estadual de educação, Suamy Vivecananda disse que em 2020 o concurso será ainda mais empolgante:

 

“Os estudantes vencedores ficarão dois dias em Porto Velho, mostrando suas obras e dando autógrafos na Casa de Cultura Ivan Marrocos”, anunciou.

 

Suamy Vivecananda, Arely e deputado Jhony Paixão

As obras ficarão sob a guarda da Seduc para exposição na Casa de Cultura Ivan Marrocos durante 60 dias. Cada um dos 14 participantes ganhou um exemplar do livro Real Forte Príncipe da Beira, Sentinela Avançada, do professor Lourismar Barroso.

O concurso é fruto da parceria entre a Secretaria Estadual de Educação, Superintendência Estadual de Turismo e Assembleia Legislativa.

Critérios estabelecidos no edital: criatividade, originalidade, coerência temática, composição, e obediência ao tempo estabelecido (120 minutos).

A Banda Musical da 17ª  Brigada de Infantaria de Selva tocou o Hino Céus de Rondônia. A pintura dos quadros começou às 11h02, numa tenda ao lado do Prédio Rio Cautário.

HABILIDADES

Damares e Willian Souza (Setur)

“Nossas habilidades não são apenas no futebol”, disse o deputado estadual Jhony Paixão, autor de emenda para o concurso. “A proposta desse concurso é o embrião que poderá resultar em um programa de Estado”, ele previu.

O parlamentar comprometeu-se a obter recursos de emendas para os próximos concursos.

Antes do início das pinturas, o secretário de educação Suamy disse que a cultura, a inventividade e a criação “aguçam os alunos”.

“As escolas precisam deste momento no campo do ideário. Os estudantes terão possibilidade de acontecer de fato, porque o governo não trabalha com ilhas, todos trabalhamos juntos, em bloco”, ele destacou.

Leia mais:

Rondônia estreia com vitórias no badminton e no atletismo dos Jogos Escolares em Blumenau (SC)

Superar as dificuldades é uma lição tirada dos treinos de badminton no distrito de Iata, em Guajará Mirim

Governo avança em acessibilidade com capacitação em Libras de servidores da segurança pública


Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia


Compartilhe