Governo de Rondônia
Terça, 26 de janeiro de 2021

RETROSPECTIVA

Após reativação da Seosp, obras e serviços públicos são intensificados em Rondônia

24 de dezembro de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

Secretário da Seosp, Coronel Meireles, acompanha o andamento das obras em União Bandeirantes


O Governo de Rondônia reativou a Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos (Seosp) valorizandoo  desenvolvimento do Estado na melhoria da qualidade de vida e colaboração com o crescimento econômico da região, na geração de emprego e renda.

Reativada em 21 de maio de 2020, nos primeiros meses de funcionamento, a Seosp implementou um dinâmico ritmo de trabalho que já contabiliza resultados positivos.

Entre os trabalhos desenvolvidos estão: a reforma do Laboratório de Geociência de Rondônia; as obras de reestruturação física e ampliação do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), que atende toda a população que necessita do atendimento médico; a revitalização e modernização da embarcação Quero-Quero II, da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron), que opera na fiscalização sanitária de fronteiras; e a reforma do Estádio Municipal João Saldanha, em Guajará-Mirim, dentre outras obras.

Além das obras de órgãos governamentais, a Seosp também colabora com a melhoria da qualidade de vida e incentivo à pratica do esporte, como a entrega da ”Praça do Povo”, no distrito de União Bandeirantes.

Com essa nova dinâmica, o governador, coronel Marcos Rocha, confirma o compromisso da gestão em trazer um novo tempo para Rondônia.

OBRAS 

Praça do Povo – União Bandeirantes 

A “Praça do Povo” em União Bandeirantes foi uma obra realizada pela Seosp

A obra da Praça do Povo foi executada pela Seosp, iniciada ainda em 2019 e entregue à comunidade em novembro de 2020. Com aplicação do investimento de R$ 992.593,29 (novecentos e noventa e dois mil, quinhentos e noventa e três reais e vinte e nove centavos) de R$ 1.013.620,54 (um milhão, treze mil e seiscentos reais e cinquenta e quatro centavos) de emenda parlamentar do deputado Jean Oliveira.

Construída em uma área de intervenção de 8.630,31m², a praça fica localizada na avenida Três de Dezembro, no distrito de União Bandeirantes, onde foram implantados: um campo de futebol society com grama sintética; uma quadra de areia; academia tubular para adultos; playground para crianças; áreas de descanso e caminhada; além de ampla área para eventos desportivos, de lazer e shows.

Laboratório de Geociência – Porto Velho 

A obra beneficia todo o território de Rondônia e colabora no combate ao desmatamento, queimadas ilegais e tem uma importante contribuição para a regularização fundiária. Com investimento de R$ 6,5 milhões de recursos oriundos do Fundo Amazônia do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com contrapartida do Governo do Estado de mais de R$ 279,4 mil.

Reforma do Cemetron – Porto Velho 

As obras de reestruturação física e ampliação do Centro de Medicina Tropical de Rondônia não parou e continua em ritmo acelerado com fiscalização da Coordenadoria de Infraestrutura e Serviços Públicos, da Seosp. A perspectiva de entrega é para o primeiro trimestre de 2021, conforme a previsão da empresa contratada para a execução da obra, orçada em R$ 11.539.891,69 (onze milhões e quinhentos e trinta e nove mil e oitocentos e noventa e um reais e sessenta e nove centavos).

Reforma da embarcação Quero Quero II – Guajará Mirim 

A embarcação ‘Quero Quero II’ é utilizada pelos profissionais da Idaron, em ações na fronteira Brasil-Bolívia nos rios na região do Estado de Rondônia, na inspeção das propriedades rurais objetivando a realização de ações preventivas de combate à Febre Aftosa.

A reforma foi realizada pela Seosp, onde a obra teve início em abril de 2019 e foi entregue em dezembro de 2020, com custo de R$ 320 mil, oriundo do Fundo Estadual de Sanidade Animal (Fesa).

 INSPIRAÇÃO PARA REATIVAÇÃO

 

A embarcação “Quero Quero II” foi reformada para atendimento nas fronteiras

Destemido e pioneiro, o ex-governador de Rondônia, coronel Jorge Teixeira de Oliveira, deixou como legado obras estruturantes que fizeram da segunda unidade mais jovem da Federação, um cartão postal de progresso em plena selva amazônica, numa época em que a região dava os primeiros passos rumo ao desenvolvimento.

 

Inspirado no empreendedorismo do memorável administrador, que também era militar, o governador Marcos Rocha está escrevendo no livro da história rondoniense, um importante capítulo que será lembrado mais tarde pelas futuras gerações, como mais um momento decisivo para o engrandecimento de Rondônia.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Juan Pantoja
Fotos: Luis Gabriel Almeida, Juan Pantoja e Nilson Santos
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe