Governo de Rondônia
Segunda, 17 de maio de 2021

NEGÓCIOS

Ariquemes será sede da primeira feira de piscicultura de Rondônia no mês de maio

26 de abril de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Com o objetivo de fomentar o pescado em Rondônia e organizar a cadeia produtiva, o governo de Rondônia promoverá exposições de piscicultura em três regiões do estado. O município de Ariquemes, por ser o maior produtor de tambaqui em cativeiro do País, foi escolhido para sediar a primeira Feira de Negócios, de 4 a 7 de maio.

Denominado de Exposição de Piscicultura do Vale do Jamari (Expovale), o evento será realizado sob a coordenação da Superintendência de Desenvolvimento Econômico de Rondônia (Suder), com recursos do  Fundo de Investimento de Apoio à Indústria (Fider), em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia) e prefeitura de Ariquemes.

O superintendente Basílio Leandro disse que o evento vai fomentar boas práticas de piscicultura e mostrar o que tem de mais moderno no Brasil e no mundo para os produtores. Segundo ele, a estratégia do governo é focalizar o planejamento e a organização para que o setor seja transformado numa atividade ainda mais lucrativa para o produtor rural.

“Não vamos incentivar por incentivar, e sim, organizar a cadeia, disseminar boas práticas de piscicultura, realizar pesquisa para controle da sanidade do peixe e também trabalhar o melhoramento genético e a conversão alimentar de maneira que o produtor tenha cada vez mais resultado positivo com o pescado. Este é o posicionamento do governo. É a visão que temos para o setor”, informou Basílio Leandro.

O titular da Suder disse ainda que o projeto do governo é que a Expovale aconteça todos os anos.

De acordo com o presidente da Acia, Francisco Hidalgo Farina, a expectativa do comitê organizador é que 150 empresas ligadas ao agronegócio participem do evento, além do setor varejista com vistas a impulsionar a economia local.

Em Ariquemes, o evento vai contar com 150 estandes montados na ciclovia da avenida Capitão Sílvio. Francisco Hidalgo revelou que além da exposição de máquinas e implementos agrícolas, haverá também ações voltadas à cultura e gastronomia, bem como, palestras, rodadas de negócios, mini-agências bancárias e atendimento do Tudo Aqui com a emissão de documentos e exames médicos.

“O nosso objetivo é movimentar a economia através do agronegócio e criar ambientes favoráveis para a piscicultura em Rondônia”, frisou Farina.

Leia mais:
Rondônia participa de estudo para projeto piloto de sanidade de peixes

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Suely David
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Água, Capacitação, Economia, Evento, Governo, Indústria, Piscicultura, Rondônia


Compartilhe