Governo de Rondônia
Segunda, 25 de junho de 2018

INVESTIMENTOS

Assinado convênio que garante R$ 150 milhões para aquisição de maquinários e parceria com prefeituras para ampliar presença da Junta Comercial no estado

08 de junho de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Representantes do estado, municípios e a bancada federal se reuniram para assinatura de convênio destinado à aquisição de maquinários

 

O cenário econômico é um dos mais delicados no Brasil. Estados não têm conseguido pagar a folha de funcionários. A situação é ainda mais difícil para os municípios. Mas em Rondônia ações estratégicas são adotadas para que o estado se mantenha em crescimento. Na manhã desta sexta-feira (8), representantes do estado, municípios e da bancada federal se reuniram em Porto Velho para celebrar convênio histórico. São R$ 150 milhões investidos em maquinários para fortalecer a agricultura, setor que tem impulsionado o desenvolvimento de Rondônia que não teve nenhum ano de crescimento negativo do Produto Interno Bruto (PIB), resultado de ações de redução de custos, otimização de serviços e investimentos em setores estratégicos.

‘‘Ninguém fez no País algo tão grande quanto fizemos em Rondônia’’, garante o governador Daniel Pereira.

A mais recente conquista – R$ 150 milhões em investimentos – é proveniente de uma emenda coletiva da bancada federal, resultado da articulação do governo estadual para garantir que os produtores rurais e prefeituras tenham condições de ampliar as atividades agrícolas e de escoamento através da melhoria dos acessos. ‘‘É a primeira vez na história do estado que uma emenda coletiva traz benefícios para 100% dos municípios. Somos um estado agrícola, e esse investimento vai permitir melhorar as estradas e as condições de produção’’, explicou o governador.

O secretário da Agricultura, José Paulo Gonçales, disse que o investimento é fundamental para que o setor agrícola avance com o uso de tecnologia. O convênio, segundo ele, engloba a aquisição de 1.553 equipamentos, como retroescavadeiras, caminhão caçamba, tratores e motos niveladoras. ‘‘É um investimento com retorno muito grande para a economia, tanto do município que demanda esses equipamentos, quanto para as associações rurais que são selecionadas através de chamamentos públicos’’, afirmou o secretário.

O estado tem se destacado em diversas produções do agronegócio. ‘‘O setor tem dado resposta positiva à economia. Está produzindo leite, soja, o peixe, que já está atendendo a países como a Bolívia e o Peru; e a carne que é exportada para 40 países’’, completou José Paulo, explicando ainda que o convênio é proveniente do Programa Calha Norte (PCN), o que garante um processo rígido e transparente. Mas também burocrático, o que demandará a entrega gradativa dos equipamentos.

Termo de cooperação aumenta presença da Jucer nos municípios rondonienses

Durante a solenidade, foram assinados convênios com 17 municípios: Nova Brasilândia, Machadinho do Oeste, Porto Velho, Alta Floresta do Oeste, Presidente Médici, Buritis, Alto Alegre dos Parecis, Vale do Anari, Guajará-Mirim, Mirante da Serra, Candeias do Jamari, Jaru, Itapuã do Oeste, Alvorada do Oeste, Cabixi, Rolim de Moura e Cacoal.

JUCER

Na ocasião, também foi assinado termo de cooperação entre a Junta Comercial de Rondônia (Jucer) e as prefeituras de Candeias do Jamari, Alto Paraíso, Monte Negro, Cujubim, Cacaulândia, Rio Crespo, Presidente Médici, Alvorada do Oeste, Parecis, Primavera de Rondônia, Chupinguaia, Corumbiara, Alta Floresta dfo Oeste, Castanheiras, Santa Luzia do Oeste, Costa Marques e Nova Mamoré, que vai permitir ampliar a presença da Jucer para 46 municípios. ‘‘Nós temos a Junta Comercial mais ágil do Brasil, mas estava presente em apenas 11 municípios. Em um trabalho de 120 dias ampliamos, e agora chegamos a 46’’, comemorou o governador Daniel.

Este é o segundo ano consecutivo que a Junta Comercial do Estado de Rondônia é eleita a mais rápida do Brasil entre os órgãos que realizam o mesmo serviço no País, num ranking levantado pela Receita Federal. Para ter ideia, a tramitação de documentos para abertura de uma empresa, que em outro estado levaria em média 48 horas, em Rondônia é realizada em até 10 minutos.

A solenidade ocorreu no auditório do Ifro Campus Porto Velho  Calama e contou com a participação de 47 prefeitos, os senadores Ivo Cassol, Acir Gurgacz e Valdir Raupp, além dos oito deputados federais: Marinha Raupp, Marcos Rogério, Mariana Carvalho, Nilton Capixaba, Lúcio Mosquini, Luiz Cláudio, Expedito Netto e Lindormar Garçon.

Leia mais:

Junta Comercial de Rondônia é a mais rápida do Brasil, segundo ranking da Receita Federal


Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Brasil, Economia, Governo, Infraestrutura, Municípios, Rondônia, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube