Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

Associação Pestalozzi é beneficiada com emenda governamental de R$240 mil reais

20 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

3 - gov crianças

Cerca de 340 itens, correspondente a um investimento aproximado de R$ 240 mil, foram entregues na manhã desta terça feira (20), pelo Governo do Estado por intermédio da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), à Instituição de Prestação de Serviços Sócio – Assistenciais de Habilitação e Reabilitação da Pessoa com Deficiência (Pestalozzi).

3 - gov

De acordo com o governador Confúcio Moura, é papel do Estado fazer o que for possível para auxiliar as instituições como a Pestalozzi que através de seus colaboradores prestam apoio aos abnegados pais e mães destes alunos especiais. “Quero aqui estender a minha mão, colocando o governo à disposição para o que for necessário”, afirmou Confúcio.

3 - gov fala                                             3 - dança

“Nunca antes na história da entidade, a Associação Pestalozzi, havia recebido um investimento tão alto para a manutenção e modernização da instituição”, afirmou o secretário de Assistência Social de Rondônia, Márcio Felix.

Atualmente com 200 alunos portadores de deficiência mental, a associação se mantém através de doações e projetos assistenciais de captação de recursos. De acordo com a diretora da instituição esta foi a maior doação em volume de equipamentos que a associação recebeu em sua história. “Este material irá melhorar muito a estrutura da instituição, refletindo nos atendimentos e prestação dos serviços educacionais”, afirma Janete Alves Araújo, diretora da Associação Pestalozzi de Porto Velho.

Atuando há 22 anos na associação e há nove na direção da unidade, Janete explica que os materiais foram adquiridos através de convênio firmado entre o Governo do Estado e o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, financiados por meio de emenda parlamentar de autoria do ex-deputado federal Lindomar Garçon. “São computadores e impressoras novas, até armários e jogos de mesa”, conta.

Para Célia Maciel, mãe de Yasmim, hoje com 18 anos, “esse material irá auxiliar muito a associação, acredito que principalmente nos cursos”. Ela conta que sua filha estuda na Pestalozzi desde os 3 anos e que quando ela nasceu os médicos já orientaram falando que a associação tinha um trabalho voltado para o problema da sua filha.

Através da Pestalozzi também foram repassadas orientações para a mãe. “Eu pensava que ela não teria condições de se manter na sociedade e ficava me perguntando como seria quando eu morresse o que aconteceria com ela. Eles me fizeram enxergar que tem condições sim, tanto que hoje ela está estagiando no Ministério Público “, conta Célia Maciel.

De acordo com a coordenadora pedagógica Sâmia Guimarães, a instituição tem alunos capacitados e através de convênios, atendendo a lei de cotas e inclusão, busca empresas interessadas em manter parceria para o mercado de trabalho. “Dentro do nosso programa de educação profissional temos uma etapa que contempla os estágios nas empresas”, explica a coordenadora. As empresas interessadas podem obter mais informações através dos telefones 3229-4418/3216-5983.

Apresentações do grupo de dança da associação e do Coral Vozes da Leste, formado por alunos da Escola Marcos Freire e participantes do Projeto Guaporé de educação integral, do governo do Estado, abrilhantaram o evento.

Durante seu discurso, Lindomar Garçon lembrou ainda a meta superada de 20 mil habitações e disse que o governo vem trabalhando, realizando obras estruturais. Estiveram presentes a solenidade o Chefe da Casa Civil, Marco Antônio de Faria; a secretária adjunta da Seas, Zilene Santana Silva Rabelo; a adjunta da Seduc, Marionete Sana Assunção e a vereadora Ana Negreiros, representando o município.

Associação Pestalozzi

A Associação Pestalozzi de Porto Velho é uma instituição filantrópica que há 36 anos oferece atendimento clínico e educacional a pessoas com deficiência. Fundada em 12 de maio de 1978, busca o atendimento às necessidades da pessoa com deficiência, nas áreas de educação, saúde e assistência social. Sua criação tem por fim o estudo, a assistência, o tratamento e a educação de crianças, adolescentes e adultos que necessitam de assistência pedagógica, médica, odontológica e de reabilitação.

Atualmente há efetivamente matriculado 200 alunos, na faixa etária de 0 a 55 anos, sendo 116 do sexo masculino e 84 do sexo feminino, predominantemente pessoas com deficiência intelectual. 95% das famílias de nossos alunos possuem a situação socioeconômica de baixa renda, o que justifica os investimentos que a instituição tem realizado ao longo dos anos.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Romeu Noé
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Educação, Governo, Inclusão Social, Rondônia, Sociedade, Solidariedade, Terceiro Setor


Compartilhe