Governo de Rondônia
Sexta, 28 de fevereiro de 2020

QUALIDADE LEITEIRA

Rondônia fortalece associativismo

14 de janeiro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

emater_pecuaria

Qualidade do leite melhora há 12 anos

Dois milhões e seiscentos mil litros de leite por dia, 279 associações com 2,1 mil produtores rurais evidenciam o crescimento cada vez maior da pecuária leiteira rondoniense.

Relatório divulgado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) de Rondônia revela o avanço no setor associativista, graças a incentivos tecnológicos.

Segundo o secretário executivo da Emater, Luiz Gomes Furtado, isso ocorre desde 2002, quando lançou o Programa  de Melhoria da Qualidade do Leite (Proleite), durante seu primeiro mandato. “Em quatro anos do Governo Confúcio Moura, o programa recebeu grande incentivo, sobretudo, o compromisso do governador com o desenvolvimento do setor”, ele comentou. O quadriênio correspondente a 2011-2014.

A produção leiteira cresceu de 2,2 milhões de litros por dia em 2010 para 2,69 milhões atualmente. Com o Projeto Inseminar,  avançou também o melhoramento genético do rebanho do gado leiteiro.

Gomes lembra que, em 2010 a Emater assistia duzentas associações rurais, beneficiando cerca de 1,3 mil criadores. Em 2014 esse número saltou para 279 associações e 2,19 mil produtores rurais. “Vacas inseminadas e bezerros nascidos do projeto mais que dobraram em quatro anos”.

O programa de pecuária leiteira também inclui ações de sanidade animal e manejo de pastagem. O Estado de Rondônia dispõe de um laboratório de qualidade do leite, instalado nas dependências da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).


Fonte
Texto: Wânia Ressutti
Fotos: Assessoria Emater
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Brasil, Capacitação, Distritos, Ecologia, Economia, Fundo Proleite, Governo, Lazer, Meio Ambiente, Municípios, Rondônia, Serviço, Sociedade, Solidariedade, Tecnologia, Terceiro Setor


Compartilhe