Governo de Rondônia
Sexta, 05 de março de 2021

Ações Sepaz

Atividades no Centro de Referência acolhem dependentes químicos e familiares

08 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

O consumo de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas é um dos mais preocupantes problemas de saúde pública no Brasil e no mundo. Em Rondônia, o governo criou a Superintendência Estadual de Promoção da Paz (Sepaz), para implantar e implementar a Política Pública sobre Drogas no Estado, com atuação na prevenção, acolhimento, tratamento e reinserção social.

Em agosto do ano passado, a Sepaz implantou em Porto Velho, o Centro de Referência em Prevenção e Atenção à Dependência Química (CREPAD), que atua com uma equipe multidisciplinar para atendimento humanizado para pessoas em situação de abuso ou dependência química e familiares; por meio de estratégias de intervenção psicossocial, abrangendo o contexto motivacional breve, o aconselhamento, a avaliação dos fatores de risco e de proteção, o treino de habilidades sociais, a prevenção à recaída e abordagens de reforço comunitário.IMG_5337

As intervenções técnicas buscam promover a sensibilização e fortalecimento do dependente químico para a adesão ao processo de tratamento voluntário com encaminhamento para os atendimentos existentes na rede do município e, se houver necessidade, viabilizar o processo para a internação.

Pela primeira vez em Rondônia, o governo estadual credencia comunidades terapêuticas para aquisição de vagas para internação. A Associaçao Casa Família  Rosetta  em Porto Velho já está credenciada, a Comunidade Santa em Vilhena e Abisai em Cacoal estão com os processos de credenciamento.

A equipe do Crepad também acompanha a execução, fiscaliza e controla as vagas das comunidades terapêuticas Porto da Esperança da Associaçao Casa Família Rosetta, na Capital e Monsenhor Gabriel Mercol, em Presidente Médici, contratadas pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad).

 

ATIVIDADES E DADOS EPIDEMIOLÓGICOS

Diariamente, no Crepad são realizados atendimentos psicossociais por uma equipe técnica multidisciplinas e visitas domiciliares motivacionais pelos Anjos da Paz; semanalmente, terapia de grupo e palestras temáticas e curso de violão básico para principiantes pelo Projeto “Tocando na Serenidade”.

Esse projeto de reinserção social tem como público-alvo, adolescentes na faixa dos 12 aos 18 anos, que estejam em processo de recuperação da situação abusiva ou de dependência química e/ou que sejam filhos de pessoas adictas que acessam o Centro.

Dados da Sepaz indicam que no atendimento individual no Crepad 88% por cento são homens e 12 % mulheres, destes 64,2% não concluíram o ensino fundamental e 3,1% possuem ensino superior.

A faixa etária com maior incidência prevalece dos 28 aos 37 com 35,5%; dos 18 aos 27 anos com 30,9%; dos 38 aos 47 anos com 17,3%;dos 13 aos 17 anos com 9,6%; dos 48 aos 57 anos com 5,3% e o menor índice dos 58 aos 79 com 1,4%.

O Crack é a droga mais utilizada pelos demandatários cadastrados no CREPAD com 60,2%, seguido pela cocaína com 26% e pela maconha com 21,5%.

O Crepad está localizado na Rua Rafael Vaz e Silva, 3041 – Bairro Liberdade, Porto Velho (prédio do antigo Hospital Infantil Cosme Damião), telefone: 3218-2963, CEP:78904-120. E-mail: coord.psd.sepazro@gmail.com – site: www.sepaz.ro.gov.br

O governo de Rondônia, com recursos do Pidise, irá construir novos Centros de Referência em Prevenção a Dependência Química em três municípios considerados pólos. Em Ariquemes,  o processo está em tramitação na Supel, com previsão de abertura de licitação para o dia 8 de maio; em Cacoal e  Vilhena já foram emitidas ordem de serviço, com prazo de 180 dias, sendo os valores das obras de R$ 1.760.551,49 e R$ 1.584.516,66 respectivamente.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: ascom Sepaz
Fotos: ascom Sepaz
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Sociedade


Compartilhe