Governo de Rondônia
Domingo, 07 de março de 2021

RESSOCIALIZAÇÃO

Atividades recreativas ajudam na ressocialização de adolescentes em unidade socioeducativa de Porto Velho

19 de fevereiro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Adolescentes internas da Unidade Socioeducativa Feminina de Porto Velho participam todas as quintas-feiras de atividades recreativas, que têm como objetivo ajudar na ressocialização dos jovens que estão privadas de liberdade. Segundo a direção da unidade, as atividades são coordenadas pelo voluntário acadêmico de educação física, Fabiano Sousa Costa, com a prática de hidroginástica e natação.

Para a direção e a equipe de socioeducadora da unidade, as atividades de recreação trouxeram resultados positivos no comportamento das internas. “Aos poucos elas estão aprendendo a ter regras e a respeitar o regimento interno. Atualmente, a unidade está em paz e o relacionamento entre internas e socioeducadores melhora a cada dia”, afirmou uma socioeducadora.

Unidade socioeducativa feminina de Porto Velho

As adolescentes praticam hidroginástica e natação todas as quintas-feiras

Além das atividades recreativas, a unidade também ofereceu para as internas gestantes o conhecimento da técnica Shantala, com as voluntárias massoterapeutas, Lumi Amaral e Selma Prestes.

De acordo com as massoterapeutas, a Shantala é uma técnica de massagem do Oriente, milenar da Índia, que pode ser aplicada nos bebês a partir do primeiro mês de vida ou mesmo nos primeiros dias do recém-nascido, em razão dos benefícios que ela traz para o bebê.

“São vários os benefícios que essa técnica traz para o bebê e também para as gestantes, já que os bebês ficam mais calmos e, consequentemente, elas também. O ponto básico da massagem é aumentar o relacionamento mãe e filho, o vínculo afetivo, pois existe o contato pele a pele a partir do momento em que a mãe, com a palma de sua mão e com óleo, massageia seu filho em todas as suas áreas, olho no olho”, explicaram.

Conforme a direção da unidade a técnica será estendida para as outras internas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cíntia Xavier
Fotos: Arquivo/Unidade Socioeducativa Feminina
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Justiça, Rondônia, Serviço, Sociedade


Compartilhe