Governo de Rondônia
Domingo, 15 de dezembro de 2019

SAÚDE PÚBLICA

Boletim da Agevisa aponta alterações em casos de zika, chikungunya e dengue em Rondônia

23 de março de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Poços, fossas e cisternas devem ser tampadas

Poços, fossas e cisternas devem ser tampadas

O último Boletim Epidemiológico para monitoramento da dengue, analisado no período de 3 de janeiro a 19 de março, aponta aumento de casos de zika vírus em Rondônia. Foram registrados 33 casos, sendo que 14 casos foram diagnosticados e confirmados em gestantes. A maior incidência do zika é em Porto Velho, com 17 casos confirmados (sete em grávidas).

De acordo com a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), a mesma situação está acontecendo com a chikungunya, com 14 casos confirmados, sendo também a maior incidência na capital, com nove casos; e a dengue com 1.440 casos confirmados no Estado, com um óbito.

O Comitê Estadual de Combate ao Aedes aegypti e Enfrentamento da Microcefalia se reuniu nesta segunda-feira (21) para traçar novas estratégias de combate ao mosquito Aedes Aegypti e ficou definido que uma das ações emergenciais será a utilização do fumacê com o objetivo de matar o mosquito adulto e controlar a cadeia de transmissão, nos municípios que estão em surto, como Cabixi, Cerejeiras, Espigão do Oeste, Ministro Andreazza, Parecis, Pimenta Bueno, Pimenteiras, Rolim de Moura, Santa Luzia e São Felipe.

Está sendo oferecido suporte aos municípios para que sejam cumpridos os 100% de visitas nos imóveis, já que no primeiro ciclo que compreende janeiro e fevereiro o Estado alcançou 82,6% dos imóveis visitados. Para isso, foram disponibilizados cartazes, folders e atualização para médicos e enfermeiros para que eles possam realizar o manejo clínico e diagnósticos corretos.

Em alerta para dengue estão os municípios de Buritis, Cacoal, Campo Novo, Chupinguaia, Machadinho, Primavera de Rondônia, Rio Crespo, São Francisco, São Miguel, Seringueiras, Vale do Anari, Vilhena.

WEB CONFERÊNCIA

O Comitê promoverá no dia 31 de março uma Web Conferência “Atualização de Zika, Dengue e Chikungunya” para médicos e enfermeiros da rede pública e privada de Rondônia. Para participar basta os profissionais terem acesso a uma sala com internet (com câmara e caixa de som), no horário das 9 às 12 h, no endereço web: www.telessaudero.com.

COMBATA O MOSQUITO PERIODICAMENTE

A população deve estar consciente do seu papel e fazer a faxina semanal da sua residência eliminando os criadouros e assim evitar que o mosquito nasça.

– Mantenha bem tampados tonéis e barris de água;

– Lave semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água;

– Mantenha a caixa-dágua bem fechada. Coloque também uma tela no ladrão da caixa;

– Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas;

– Não deixe água acumulada sobre a laje;

– Encha os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda;

– Outra opção para os pratinhos de plantas é lavar uma vez por semana;

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira fechada;

– Feche bem os sacos de lixo do alcance de animais;

– Mantenha as garrafas com a boca virada para baixo, evitando o acúmulo de água;

– Pneus devem ser acondicionados em locais cobertos;

– Faça sempre a manutenção de piscinas ou fontes utilizando os produtos químicos apropriados;

– Se o ralo não for de abrir e fechar, coloque uma tela fina para impedir o acesso do mosquito à água;

– Coloque areia dentro de todos os cacos que possam acumular água;

– Não deixe água acumulada em folhas secas e tampas de garrafas;

– Os vasos sanitários fora de uso eventual devem ser tampados e verificados semanalmente;

– Limpe sempre a bandeja do ar-condicionado para evitar acúmulo de água; –

– Lonas usadas para cobrir objetos ou entulhos devem ser bem esticadas para evitar poças-d’água.


Fonte
Texto: Marilza Rocha
Fotos: Ésio Mendes e Maicon Lemes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Água, Brasil, Capacitação, Conferência, Governo, Municípios, Rondônia, Saneamento, Saúde, Serviço, Sociedade


Compartilhe