Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

INVESTIMENTOS

Banco do Brasil tem R$ 3 bilhões para o agronegócio em Rondônia

22 de janeiro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

A carteira de agronegócio do Banco do Brasil em Rondônia deve chegar ao final de 2015 com R$ 3 bi para financiar os diversos projetos do setor. A previsão é do superintendente do banco no Estado, Raimundo Perez Ferraz Júnior, que hoje à noite realiza uma reunião com o governador Confúcio Moura e seu estafe, para reafirmar a parceria e apresentar sua equipe especializada para o setor público.

Raimundo Perez, superintendente do BB

Raimundo Perez, superintendente do BB: parceria com o Estado de Rondônia

Segundo Perez, o objetivo do encontro é apresentar ao governador o resultado, o balanço do conjunto das atividades do BB em Rondônia, e simultaneamente mostrar os produtos que o banco dispõe para renovar e reforçar a parceria pelo desenvolvimento do Estado.

O superintende fez lembrar que apenas no agronegócio, por exemplo, Rondônia conta com a maior carteira de financiamento do banco de toda Região Norte do Brasil, e em 2014 fechou o exercício com mais de 50 mil famílias beneficiadas com financiamentos, em especial, na agricultura familiar (Pronaf), cuja previsão para 2015 é de que cresça além do dobro, devendo chegar a pouco mais de R$ 2 bilhões, em projetos produtivos do campo.

1.038 empresas financiadas na enchente

O setor industrial o Estado continuará recebendo todo apoio do banco, que para este exercício reforçou sua carteira para o setor com um aumento de 30% no volume de recursos, devendo fechar 2015 com mais de R$ 200 milhões para financiar pequenas e grandes empresas rondonienses.

O superintendente do BB afirmou que só em 2014 esta carteira financiou 1.038 empresas no Estado com uma linha de crédito especial para atender aos desabrigados pela cheia do Rio Madeira, envolvendo recursos da ordem de R$ 160 mi do Programa Especial de Reconstrução, uma linha de crédito, de fato especial, já que de carência de dois anos e prazo de 10 anos para pagamento.

Perez Júnior disse que quer dar as boas-vindas ao governador e sua equipe, lembrando que o BB está inaugurando mais duas agências nos próximos dias e que está presente em todos os municípios do Estado. “Da nossa parte não há contingenciamento de recursos, e estamos prontos para apoiar o Estado em suas demandas”, disse o superintendente cruzeirense do BB em Rondônia.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber Pereira
Fotos: Cleuber Pereira
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Economia, Governo, Rondônia, Sociedade


Compartilhe