Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

EMPREENDEDORISMO

Banco do Povo tem R$ 2 milhões para emprestar a empreendedores do Orgulho do Madeira

30 de agosto de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Condomínio Orgulho do Madeira

Condomínio Orgulho do Madeira

Com um orçamento de R$ 2 milhões para emprestar aos empreendedores do Residencial Orgulho do Madeira e região, o Banco do Povo já cadastrou os primeiros 120 interessados em sua linha de crédito, e está ultimando as providências pertinentes para liberar os financiamentos.

Segundo Arnaldo Campos, presidente do Fundo de Apoio ao Empreendimento Popular (Faepar), e responsável pela estrutura do Banco no Orgulho do Madeira, a primeira providência, após o cadastramento, é o encaminhamento dos interessados ao programa de capacitação desenvolvido e operacionalizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que vai promover um conjunto de atividades educativas, especificamente dirigidas ao empreendedorismo, preparando cada interessado em sua área de atuação, de modo que cada um possa trabalhar com planejamento e acerto e obter bons resultados.

O dirigente do Banco do Povo explicou que os 120 cadastrados nesta primeira etapa vão movimentar um volume de recursos de cerca de R$ 400 mil em seus negócios, que devem gerar, em média, o mesmo número de empregos. Campos fez questão de frisar que o papel do Banco do Povo é financiar ideias de negócios de pessoas empreendedoras, com uma linha de crédito de fácil acesso que vai de R$ 300 a R$ 10 mil, e que gere retorno, motivo pelo qual a liberação do financiamento fica condicionada à capacitação de cada interessado pelo Sebrae, que emitirá o certificado.

De acordo com o presidente da Faepar, por determinação do governador Confúcio Moura já está sendo instalada uma agência do banco na área do Residencial Orgulho do Madeira para atender a mais de mil empreendedores do condomínio e entorno que tem uma população estimada de 80 mil habitantes, muitos dos quais desempregados, mas cheios de ideias promissoras de negócios.

O gerente de administração e finanças da Superintendência de Desenvolvimento (Suder), Francisco Carlos Santiago, que anunciou o orçamento de R$ 2 milhões para este programa de crédito, observou que o Banco do Povo não tem uma carteira ou um programa de doação de recursos. O banco, segundo ele, é um instrumento do governo de Rondônia criado para fomentar iniciativas de negócios que gerem emprego e renda, dispondo, para tanto, de uma linha de crédito de fácil acesso e juros subsidiados para financiar projetos de pequenos empreendedores.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber R Pereira
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Empresas, Governo, Rondônia


Compartilhe