Governo de Rondônia
Segunda, 08 de março de 2021

ECONOMIA

Banco do Povo tem R$ 6 milhões para financiar pequenos negócios este ano em Rondônia

12 de abril de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O Banco do Povo de Rondônia tem em caixa mais de R$ 6 milhões para financiar o pequeno empreendedor estadual em suas necessidades de abertura ou de ampliações de seus negócios este ano. A afirmação é do presidente da instituição, José Arnaldo Campos Luna, que esteve nesta terça-feira (12) em Porto Velho tratando de medidas para expansão do atendimento para todo Estado.

Segundo ele, neste sentido, até o final deste mês, pelo menos mais duas agências – Cujubim e Cacaulândia – já estarão atendendo suas respectivas comunidades, com muitas oportunidades de créditos para financiar a dona de casa empreendedora que tenha algum projeto ou aos agricultores familiares da região de abrangência dessas duas novas unidades, que vão poder melhorar e ampliar sua produção com os recursos do banco.

Soverteria, um exemplo de pequeno negócio de sucesso financiado pelo Banco do Povo

Sorveteria, um exemplo de pequeno negócio de sucesso financiado pelo Banco do Povo

Na defesa do projeto do banco, o presidente destacou o caráter empreendedor e a visão do governador Confúcio Moura, que em meio à crise que se propaga pelo País, idealizou o projeto como estratégia para enfrentar situações como desemprego e as dificuldades naturais de uma economia em crise. “Tudo isso como alternativa para evitar que o Estado seja envolvido por esta onda negativa que assola o País”, disse.

Defensor de iniciativas simples, capazes de atender ao trabalhador e que estimulem a produção, o governador Confúcio Moura, recomendou aos dirigentes do Banco do Povo que seu objetivo neste projeto é dar acesso ao crédito a todos os trabalhadores de boas ideias. Segundo o governador, o banco foi criado para atender todos aqueles que se viram na rua para sobreviverem, vendendo coisas, consertando objetos e trabalhando nas calçadas ou de porta em porta. “Dar a estes trabalhadores a oportunidade de adquirirem ferramentas, materiais e mercadorias para que possam crescer em seus negócios”.

Importa esclarecer que se trata de uma linha de crédito do Governo de Rondônia, operacionalizada pelo Banco do Povo, que tem uma carência de seis meses e juros de 1% ao ano, destinada a todo cidadão empreendedor no campo, no âmbito da agricultura familiar e outros pequenos negócios, e nas cidades, financiando pequenos empreendimentos ou negócios familiares como sorveterias, oficinas mecânicas, padarias, mototaxistas e salões de beleza, entre tantos.

No comando da gerência geral do Banco do Povo nos municípios de Machadinho do Oeste, Buritis, Ariquemes, Jaru, Ouro Preto, Ji-Paraná, Alvorada do Oeste, e Presidente Médici, Arnaldo Luna se prepara para entregar as novas agências de Cujubim e Cacaulândia, além de reforçar e ampliar o atendimento nas agências de Presidente Médici, Alvorada do Oeste e Buritis, que receberão melhorias estruturais e mais funcionários para atender a demanda pelos serviços.

Saiba mais:
Com crédito do Banco do Povo, microempreendedores aumentam produção em Rolim de Moura
Inauguração da sede do Banco do Povo, em Ariquemes, reúne casos de sucesso
Banco do Povo impulsiona a vida de mototaxista, feirante e cabeleireira, em Porto Velho
Pequeno agricultor atendido pelo Banco do Povo abastece escolas e hospitais de Porto Velho
Pequeno empreendedor fatura R$ 100 mil por mês com sorveteria financiada pelo Banco do Povo


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber R Pereira
Fotos: Bruno Corsino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Economia, Governo


Compartilhe