Governo de Rondônia
Quinta, 05 de agosto de 2021

Transporte gratuito

Barco da Assistência Social realiza mais uma viagem para o Rio Machado

24 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Raimunda Alice da Silva

Raimunda Alice da Silva

A aposentada Raimunda Alice da Silva de 66 anos, morava no distrito de São Carlos no baixo Madeira. Ela conta que perdeu sua casa na enchente e há 4 meses está morando na casa de parentes em Porto Velho. Raimunda tem duas filhas que moram no distrito de Laranjal em um local que não foi atingido pela enchente e agora todos os meses ela usa o Barco da Assistência Social para ir visitar as filhas. “Agora que estou em Porto Velho, fico muito mais longe das minhas filhas e netos. Este barco é o único meio de transporte que tenho para ir visitá-los, sempre, sem ter gasto nenhum, afirmou.

Raimunda elogiou ainda o atendimento e serviços prestados no barco. ” Além de não gastarmos com a passagem, também economizamos na alimentação que é servida de forma gratuita durante toda a viagem”.

Secretária adjunta da Seas, Zilene Rabelo, confere in loco a saída do barco.

Secretária adjunta da Seas, Zilene Rabelo, confere in loco a saída do barco.

De acordo com a secretária adjunta de Assistência Social, Zilene Rabelo, que acompanhou in loco a saída do barco do Porto Flutuante do Cai N’água, nesta segunda-feira (23) os barcos da assistência são os  únicos transportes fluviais gratuitos, que atendem a população de baixa renda dos distritos de Porto Velho e toda a região do Vale do Guaporé.

“Além de transportar os ribeirinhos que precisam de atendimento médico ou resolver qualquer outra situação na capital, o barco transporta ainda a produção destes ribeirinhos, contribuindo com o escoamento dos produtos da agricultura familiar”, frisou Zilene Rabelo.

José Pereira

José Pereira trouxe a filha para fazer exames médicos

Outro usuário dos serviços do Barco da Assistência Social é José Pereira, morador do rio Machado, José conta que sempre vem a Porto Velho para resolver diversas situações, mas o que lhe trouxe desta vez foi um  caso de doença na família. “Minha filha de 13 anos começou a passar muito mal e eu trouxe ela para fazer uma consulta médica, agora vai ficar uns dias em Porto Velho, na casa da tia, para fazer alguns exames e daqui uns 10 dias eu retorno para buscá-la”, explicou José Pereira.

A próxima viagem do barco será no dia 7 de julho para o Rio Preto, com saída as 11h do Porto Flutuante do Cai N’água.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Luana Lopes e Marcelo Borges
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Inclusão Social, Serviço


Compartilhe