Governo de Rondônia
Sábado, 18 de janeiro de 2020

Barco do Governo retorna depois de uma semana atendendo os ribeirinhos

25 de fevereiro de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

SAM_2312

“Assim que foi decretado o estado de emergência, devido a grande cheia dos rios, enviamos tão logo o Barco de atendimentos aos ribeirinhos para prestar assistência ás famílias que moram ao longo do rio, que são as primeiras que sofrem perdas e danos com a enchente” afirma o secretário de Assistência Social de Rondônia, Márcio Felix.

 

 

 

 

 

SAM_0388-Cópia-620x465Em uma semana de atendimento a equipe da Seas, formada por assistentes sociais e técnicos, junto com uma equipe médica da Sesau, a defesa civil e bombeiros, atenderam 344 famílias em 14 comunidades que foram assistidas com alimentos, roupas, hipoclorito de sódio, água mineral, mosquiteiros, filtros de água e atendimento médico, nos casos em que eram necessários.

Além da entrega de materiais básicos á sobrevivência a equipe de assistentes sociais da Seas, realizou ainda o cadastro social, que é um diagnóstico da situação de cada família, como suas necessidades e as perdas que tiveram.

 

 

 

SAM_0526

De acordo com a assistente social e gerente do trabalho técnico social, Luana Garcia, uma dificuldade encontrada pela equipe de resgate é a grande resistência, principalmente dos homens e mais fortemente nos idosos, em deixar as casas e irem para abrigamento nas escolas e igrejas. “Há muitas famílias que enviam as mulheres e as crianças para estes locais ou para Porto Velho e o homem permanece cuidando das coisas da casa. No caso dos idosos, a esposa na grande maioria acaba ficando em casa em com eles, o que preocupa a Defesa Civil,  visto as condições de permanência nestes locais” explica.

 

 

 

SAM_0158-Cópia

Ainda de acordo com o relato das assistentes sociais, além dos danos causados, as pessoas perderam principalmente suas roças e plantações, outra situação urgente  é a questão da água, pois,  não havia água potável para beber e cozinhar.

 

 

 

 

 

 

SAM_0567

A moradora da comunidade de Santa Catarina, Marileide Regina Carvalho, aproveitou o barco da Assistência Social, para trazer o que pode de mobília e eletrodomésticos para a casa de parentes em Porto Velho. ” O momento é de muita tristeza, pois  não sabemos como ficará nossa moradia a partir de agora. Ainda bem que o barco chegou no inicio da enchente e conseguimos tirar nossas coisas de casa, caso contrário iríamos perder tudo”, desabafou.

O Barco da Assistência retornou a Porto Velho, para nesta segunda-feira (24), partir de novamente,  desta vez para atender ás comunidades do Rio Machado, visto que a prefeitura de Porto Velho, enviou embarcações para continuar o atendimento aos atingidos pela cheia do Rio Madeira.


Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Inclusão Social


Compartilhe