Governo de Rondônia
Terça, 02 de março de 2021

AÇÃO SOCIAL

Barco Hospital realiza mais de nove mil procedimentos e até casamentos em comunidades distantes do Vale do Guaporé

24 de março de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

O Barco Hospital Wálter Bártolo ancorado em Forte Príncipe da Beira para atendimento da comunidade e dos militares do Forte

O Barco Hospital Wálter Bártolo ancorado em Forte Príncipe da Beira para atendimento da comunidade e dos militares do Forte

 

Um extenso relatório, com 9.446 procedimentos, detalhado com uma infinidade de serviços de saúde, sociais, acordos, conciliações judiciais e até casamentos. Este foi o resultado da última viagem do Barco Hospital Walter Bártolo, de 18 de fevereiro a 4 de março deste ano, realizada nos rios Mamoré e Guaporé, de Forte Príncipe da Beira até Alta Floresta do Oeste, numa jornada que muitas vezes entrava pela noite.

Segundo a coordenadora da Unidade Walter Bartolo, Alessandra Costa, esta foi a primeira viagem neste trecho dos rios no Vale do Guaporé, aproveitando o período de cheia que possibilita a navegação e, consequentemente, o atendimento a milhares de pessoas carentes das comunidades de Forte Príncipe da Beira, Santa Fé, Santo Antonio, Pedras Negras, Porto Rolim e Surpresa, numa ação que contou com uma equipe de multi profissionais. Médicos, farmacêuticos, biomédicos, enfermeiros, odontólogos, entre outros da área da saúde, além de assistentes sociais, militares, agentes de apoio administrativo e um juiz de direito, realizaram um diversificado trabalho de apoio social, que só é possível por meio do barco devido à distância e falta de acesso a essas comunidades.

Casal é atendido pela Justiça Rápida, que realizou vários acordos e até casamentos

Casal é atendido pela Justiça Rápida, que realizou vários acordos e até casamentos

Ao todo foram 401 famílias cadastradas e 1.226 pessoas atendidas no universo de 9.446 procedimentos, que incluem atendimento médico, exames laboratoriais, coleta de preventivo, serviços odontológicos, vacinação, nebulização, entrega de medicamentos (farmácia), confecção de cédulas de identidade, CPF, conciliações, acordos, casamentos e até divórcio, que pelo tamanho da demanda justifica a ampliação desses atendimentos.

Segundo a coordenadora, além desse conjunto de procedimentos de rotina nas viagens, foram realizados serviços de fotografia e emissão de CPF para os 220 alunos do distrito de Surpresa (Guajará-Mirim), que dependiam da foto e do documento para fazer a matrícula; a emissão de 150 passes interestaduais do idoso, também em Surpresa; mais 171 CPF em outras localidades, vacinação e exames laboratoriais dos militares que atuam no Forte Príncipe.

Alessandra Costa reconheceu que sem o apoio dos parceiros este projeto não seria possível. Ela destacou o interesse do governador Confúcio em atender a essas comunidades carentes e longínquas, sublinhando a grandeza e o alcance social do trabalho; e citou a participação do Judiciário (Justiça Rápida) como um exemplo de serviço fundamental para o resgate da cidadania dos moradores dessas comunidades; e os demais órgãos cuja participação torna a ação da Unidade de Saúde Social e Fluvial Walter Bártolo socialmente importante e economicamente viável pelos resultados que apresenta em cada viagem.

Leia mais:
Mais de mil moradores do vale dos rios Guaporé e Mamoré são atendidos pelo Barco Hospital Walter Bártolo
Indígenas têm acesso a cédula de identidade com a chegada do barco hospital no Vale do Mamoré
Barco Hospital faz mais de sete mil procedimentos pelos rios Mamoré e Guaporé


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Secom/USSF
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores


Compartilhe