Governo de Rondônia
Terça, 25 de setembro de 2018

HUMANIZAÇÃO

Brinquedoteca nos presídios proporciona espaço humanizado para filhos de detentos

18 de maio de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Casa de Detenção Doutor José Mário Alves da Silva

Brinquedoteca do Urso Branco

Um espaço reservados para as crianças brincarem durante o dia de visita ao pai ou a mãe em reclusão já é realidade em unidades prisionais de Porto Velho. A Casa de Detenção Dr. José Mario Alves da Silva – Urso Branco e o Centro de Ressocialização (feminino) Suely Maria Mendonça já contam com a instalação de brinquedoteca – um lugar de diversão, descarregado das tensões do ambiente prisional.

No último dia 3 de maio as brinquedotecas receberam mais brinquedos, doados pela Receita Federal em Porto Velho. O trâmite para a doação ocorreu através da Ouvidoria Geral da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). “Foram doados aproximadamente R$ 4.900 em brinquedos de vários tipos, como carrinhos, bonecas, skate, patinete e bonecos”, detalha a ouvidora Célia Silva.

Parte dos brinquedos foi destinada para a Penitenciária Estadual Ênio dos Santos Pinheiro, em Porto Velho. Na unidade ainda não existe uma brinquedoteca, mas os brinquedos foram levados para um espaço anexo da igreja existente no local, onde as crianças costumam ficar nos dias de visita.

O diretor do Urso Branco, Lil Jones, informa que neste presidio foi montada a primeira brinquedoteca, e fala do resultado. “Tem sido muito positivo. O presídio não é um lugar bom para as crianças, mas elas acabam entrando aqui e tendo um momento de alegria com os brinquedos”, comentou o servidor.

Humanização

A partir desses modelos já existentes, a Secretaria de Estado da Justiça almeja que todas as unidades prisionais do estado possam contar com uma brinquedoteca, o que poderá ser viabilizado por meio de parcerias, tal como essa com a Receita Federal. “Um espaço humanizado para as crianças é essencial para amenizar a dor com a separação dos pais. Quem é pai e já trabalhou em presídio sabe bem disso”, declarou o secretário Adriano de Castro.


Fonte
Texto: Lucas Tatuí
Fotos: Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia, Servidores, Sociedade


Compartilhe