Governo de Rondônia
Terça, 26 de janeiro de 2021

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

Cacoal realiza primeiro procedimento de captação de órgãos para transplante em 2016

15 de fevereiro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

São as aeronaves da corporação que fazem o transporte dos médicos para os municípios onde os órgãos serão captados e que, posteriormente, transportam os órgãos para Porto Velho, onde são feitos os transplantes

São as aeronaves corpo de Bombeiros que fazem o transporte dos médicos para os municípios onde os órgãos serão captados.

Na última semana, dois pacientes foram diagnosticados com morte encefálica (ME) no Hospital Regional de Cacoal. Em um dos casos, a família autorizou a doação dos órgãos e, assim, no dia 13 de fevereiro, aconteceu em Cacoal a primeira cirurgia de captação de órgãos para transplante em Rondônia de 2016.

O serviço de captação de órgãos no município teve início em setembro de 2013. Dos 19 pacientes com ME comprovados desde então, houve 12 recusas por parte da família e apenas sete doações foram feitas. “Nós já tivemos, neste ano de 2016, dois casos diagnosticados em Cacoal e em um deles a família autorizou a doação de órgãos. Precisamos que a família, apesar da dor, entenda a importância de permitir a doação e contribuir para que outras pessoas tenham condições melhores de vida”, explicou o médico Alber Pessoa de Figueiredo.

Foram captados os rins do paciente, que no mesmo dia foram transportados para Porto Velho e foram transplantados em dois pacientes, um de Vilhena e outro da capital. “Rondônia já evoluiu e muito na captação e transplantes de órgãos. Até 2011, esse serviço não existia no estado. Começamos fazendo as cirurgias de captação e depois começamos a transplantar os órgãos aqui mesmo em Rondônia”, ressaltou o médico Alessandro Prudente.

APOIO

Para o sucesso das cirurgias de captação de órgãos no interior do estado, quem também tem sido fundamental no processo é o Corpo de Bombeiros de Rondônia. São as aeronaves da corporação que fazem o transporte dos médicos para os municípios onde os órgãos serão captados e que, posteriormente, transportam os órgãos para Porto Velho, onde são feitos os transplantes.

No último sábado, o tenente Cordeiro e a capitã Cristina, do Corpo de Bombeiros de Rondônia, pilotaram o avião monomotor da corporação para o sucesso dos procedimentos. Por volta das 8h30 da manhã, eles aterrissaram em Cacoal trazendo os médicos e a equipe que fariam a cirurgia de captação de órgãos e, antes das 14 horas, decolaram com destino à Porto Velho, levando de volta a equipe e transportando os órgãos, que foram transplantados ainda no mesmo dia.

“Sem o apoio do Corpo de Bombeiros de Rondônia nós não teríamos o mesmo sucesso. Este trabalho é feito com muita dedicação e os bombeiros tem sempre feito a sua parte e contribuído com este serviço”, destacou o médico Alessandro Prudente.

Saiba mais:
Em 2015, Hospital de Base realizou quase 60 transplantes de córnea em pacientes de Rondônia e estados vizinhos
Aos 33 anos de instalação, Hospital de Base aguarda habilitação para transplantes de coração
Fórum sobre captação e transplantes enfatiza a importância da autorização para doação de órgãos


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Solidariedade


Compartilhe