Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

EM CONSTRUÇÃO

Cacoal terá Centro de Referência de Prevenção e Atenção à Dependência Química

26 de fevereiro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Assessora especial da Sepaz, Penha Simão, em visita à obra do Crepad em Cacoal

Assessora especial da Sepaz, Penha Simão, em visita à obra do Crepad em Cacoal

Estão em andamento em Cacoal duas obras que deverão oferecer atendimento especializado aos usuários de álcool e outras drogas. Trata-se do Centro de Referência de Prevenção e Atenção à Dependência Química (Crepad) e a ala feminina da Comunidade Terapêutica Abisai, que atenderão pessoas em situação de abuso e dependência química, auxiliando na recuperação e reinserção social, além de auxiliar os familiares.

O Crepad, que está sendo construído pelo governo estadual, no bairro Jardim Itália III, contará com uma equipe multidisciplinar para atendimento humanizado, com a proposta de oferecer intervenção psicossocial para o fortalecimento do processo de recuperação, encaminhamento à rede de serviços e atividades motivacionais, objetivando a adesão ao tratamento e às ações para a reinserção social. O serviço é oferecido a ambos os sexos.

Já a ala feminina, que está em construção na Comunidade Terapêutica Abisai, terá capacidade para alojar 32 mulheres. A Abisai já oferece tratamento para os homens, e terá o serviço estendido às mulheres, por meio de emenda parlamentar do deputado federal, Nilton Capixaba, com contrapartida do governo estadual.

“O principal objetivo, tanto do Crepad quanto da ala feminina da Abisai, é acolher e motivar o usuário a enfrentar o tratamento. Oferecendo também acompanhamento para os seus familiares, para que aprendam a lidar com esse tipo de problema e contribuam com o sucesso desse trabalho”, destacou Penha Simão, assessora especial da Superintendência Estadual de Promoção da Paz (Sepaz).


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Inclusão Social, Rondônia, Saúde


Compartilhe