Governo de Rondônia
Terça, 03 de agosto de 2021

PRODUTIVIDADE

Café é tema central de seminário em Jaru que reúne 500 produtores rurais até esta sexta-feira

10 de novembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Pelo menos 500 produtores rurais de Jaru e região, e dos municípios do Vale do Jamari, participam do Seminário Rural que iniciou nesta quarta-feira (9) e vai até dia 11 (sexta-feira), na Praça Capitão Sílvio, no Município de Jaru, com uma vasta programação coordenada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pela Superintendência de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Suder).

De acordo com o advogado Pedro Teixeira, diretor executivo da Suder, este é um evento cuja dimensão vai além do aspecto formal do debate sobre produção, produtividade e manejo na produção de café e cacau, eis que abordará temas importantes como legislação, por exemplo, visto que muitos produtores almejam ampliar suas fronteiras de comércio, mas não dominam os meios e estratégias factíveis de colocação de seus produtos fora do mercado local.

Da mesma forma esses produtores rurais envolvidos no seminário – de Jaru, Ouro Preto e adjacência, e todo Vale do Jamari – conhecerão e poderão discutir temas como gestão de negócios para o setor, mercado interno e externo e comercialização com um grupo de técnicos e profissionais especializados, capazes de demonstrar dos meios adequados de produção e produtividade até o salto econômico do café, que saiu de R$ 180,00 a saca há três anos para R$ 500,00 atualmente, conforme dados da Câmara Setorial do Café, o que, na visão do Governo do Estado precisa ser capitalizado, tendo em vista os benefícios que promove no campo, com a geração de emprego e riqueza, e à economia do Estado com as exportações.

Pedro Teixeira lembrou que o seminário deve servir também para os produtores como um meio informativo sobre as ações do Governo em benefício do setor. Neste sentido, segundo ele, por orientação direta do governador Confúcio Moura, o Estado está fazendo grande esforço e investindo o que pode para aumentar a produtividade do café, incentivando a recuperação de áreas degradadas para o plantio, ao mesmo tempo em que faz a distribuição de nada menos de 3 milhões de mudas de café clonal (BRS Ouro Preto), uma variedade desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para as condições de clima e solo de Rondônia, que está revolucionando a produtividade das lavouras e levando riqueza ao campo. “Essas informações precisam ser de domínio dos seminaristas, de todos os produtores rurais do Estado”, disse.

Pedro Teixeira disse também que assim como o café, a cultura do cacau está recebendo importantes incentivos do Governo, que vê no aumento da produção e na instalação das primeiras indústrias de processamento do cacau um indicativo de abertura de mercado que precisa ser explorado, daí interesse do Governo do Estado em incentivar a ampliação das áreas de produção, medida que deve marcar as discussões do seminário.

Mas isso não é tudo e outros importantes temas serão abordados durante o evento, como a legalização da propriedade rural, sustentabilidade ambiental, Cadastro Ambiental Rural (CAR), benefícios sociais rurais, cooperativismo e associativismo, crédito rural, gestão da propriedade rural, além de temas setoriais, como piscicultura, pecuária leiteira, mandiocultura, etc, que serão desenvolvidos e apresentados por especialistas com vivência na produção local.

Os seminaristas ainda participarão de oficinas dirigidas com representantes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Agência de Defesa Sanitária Agrossilvopastoril (Idaron), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater), e ainda, do Banco do Brasil (BB), Banco da Amazônia (Basa) e das cooperativas de crédito, com oficinas sobre negociar bem, controlar o dinheiro, empreender, custo para produzir e comercializar bem, tudo com orientação especializada.

A programação do Seminário Rural é a seguinte:

Dia 09 de novembro

9h às 10h CREDENCIAMENTO
10h às 11h30 Palestra: Café Clonal
11h30 às 13h Palestra: Cacau Clonal
13h às 14h                              ALMOÇO
14h às 15h30 Palestra: Gestão da Propriedade Rural  (Victor Paiva)
15h30 às 17h Palestra: Crédito Rural
          OFICINAS
8h às 11h Oficina No Campo: Negociar Bem (Sala da ACIJ)
14h às 18h Oficina No Campo: Liderar (Sala da ACIJ)

 

Dia 10 de novembro

09h às 10h CREDENCIAMENTO
10h às 11h30 Palestra: Outorga da Agua e Legislação Sanitária
11h30 às 13h Palestra: Hortifrutigranjeiro em Rondônia
13h às 14h                                  ALMOÇO
14h às 15h30 Palestra: Agroindústrias
15h30 às 17h Palestra:  Piscicultura
               OFICINAS
8h às 12h Oficina No Campo: Controlar meu Dinheiro (Sala da ACIJ)
14h às 17h Oficina No Campo: Empreender (Sala da ACIJ)

 

Dia 11 de novembro

9h às 10h                                    CREDENCIAMENTO
10h às 11h30 Palestra: Melhoramento genético do Gado de Leite
11h30 às 13h Palestra: Reprodução de Bovinos Leiteiros
13h às 14h                                 ALMOÇO
14h às 15h30 Palestra: Manejo de Pastagem e Nutrição
15h30 às 17h Palestra: Controle Sanitário dos Bovinos
OFICINAS
8h às 11h Oficina No Campo: Custos para Produzir (Sala da ACIJ)
14 às 18h Oficina No Campo: Comercializar Bem (Sala da ACIJ)
   
   

Leia mais:
Rondônia investe em tecnologia para chegar ao topo na produção de cacau no Brasil
Estimativas apontam para Rondônia produção de dois milhões de sacas de café em 2017
Viveiristas vão faturar R$ 4,2 milhões com venda de mudas de café clonal em Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber R Pereira
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Evento, Governo, Piscicultura, Rondônia


Compartilhe