Governo de Rondônia
Segunda, 01 de março de 2021

Capacitação em Hanseníase e Tuberculose na GRS de Ji-Paraná

25 de setembro de 2013 | Governo do Estado de Rondônia

A Hanseníase e a Tuberculose são doenças infecciosas, crônicas e continua representando um sério problema de saúde pública para o nosso país, está entre as doenças perpetuadoras da pobreza, por essa razão faz parte do Programa do Governo Federal, Brasil Sem Miséria.

Em 2012, no Brasil, foram diagnosticados 33.303 casos novos de Hanseníase destes 2.246 em menores de 15 anos e 70.000 casos novos de Tuberculose.

O estado de Rondônia, infelizmente, tem uma contribuição importante nesses números, pois está entre os estados considerados hiperendêmicos pelos critérios do Ministério da Saúde, com a descoberta de 814 novos casos de hanseníase e 579 casos de Tuberculose, em 2012.

Apesar da gravidade das doenças e dos seus impactos, todos os casos de hanseníase e Tuberculose têm tratamento e cura.

As Secretarias Municipais de Saúde devem desenvolver ações como busca ativa de casos novos, tratamento e acompanhamento de portadores das doenças, prevenção de incapacidades, reabilitação e vigilância dos contatos no domicílio dos pacientes.  A atuação do médico é de fundamental importância, visto que o diagnostico da doença e o acompanhamento de estados reacionais, diagnostico diferencial e complicações são de competência exclusiva do referido profissional.

Nesse sentido, a AGEVISA por meio da Coordenação Estadual de Hanseníase e Tuberculose promoverá Capacitação Básica em Hanseníase e Tuberculose, para profissionais da saúde da Regional de Saúde de Ji-Paraná, no período de 23 a 27 de setembro de 2013, Essa capacitação tem o objetivo de descentralizar as Ações de Controle das Doenças.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Saúde


Compartilhe