Governo de Rondônia
Quarta, 18 de setembro de 2019

Fogos de Artifício

Governo do Estado de Rondônia

Comumente nos festejos são usados os fogos de artifício. São eles, os fogos de artifício que podem dar brilho e beleza aos festejos, mas também podem também representar um grande perigo para adultos e principalmente crianças se não tomarem os devidos cuidados na manipulação deste produto perigoso.

Tudo começa já na hora da compra. É importante adquirir o produto em loja especializada nesses tipos de material. Deve se verificar se os fogos têm o pré-requisito de faixa etária. Além disso, é necessário seguir as orientações do fabricante e pedir informações em caso de dúvida sobre como proceder na soltura. Também devem ser seguidas as instruções das embalagens, já que acidentes são comuns quando os fogos não são empregados de forma correta, especialmente quando o operador está alcoolizado.

Aos comerciantes, a principal orientação é não vender fogos de artifício a menor de idade desacompanhado de seus responsáveis, já que é proibido por lei. Também não se furtar de fornecer toda orientação a todos os clientes que adquirirem tais produtos, e se possível demonstrar a operação, especialmente a dos famosos foguetes 12×1 e o 19×1.

Já aos usuários, o Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia recomenda que adquira fogos na validade faça uma boa e atenciosa leitura das informações dos fabricantes dos fogos de artifício sobre procedimentos de segurança contidas na própria embalagem do produto. Observe se a caixa não está úmida ou violada.

Os danos e/ou lesões mais comuns e recorrentes quando do uso incorreto são as dilacerações das mãos, amputações de dedos e lesões auditivas no globo ocular.

Para evitar ferimentos e até incêndios, também é importante usar os prolongamentos e bases de lançamento comercializadas junto com os fogos. Quanto aos shows pirotécnicos, é aconselhável procurar antecipadamente o Corpo de Bombeiros para obter maiores detalhes e orientações e deixar para os profissionais especializados em fogos de artifício realizar a manipulação, pois possuem curso específico para montagem e manejo destes materiais.

Como parte das orientações as pessoas que forem soltar fogos devem estar em um lugar aberto e, evitando ambientes fechados e proximidades das redes de eletricidade. A distância para explodir os fogos com segurança é em média de 30 a 50 metros de pessoas, edificações, árvores e carros.
É preciso ter um cuidado especial com as crianças. Não solte perto delas e de forma alguma permita que elas manipulem tais artefatos.

Manipulação inadequada e irresponsável é risco na certa!


Orientações

Cada tipo de produto pirotécnico tem uma classificação, de acordo com o seu poder de explosão ou queima. Essa classificação está adequada à idade do usuário e de acordo com a norma (R–105) do Ministério do Exército, para isso todo produto deve possuir na embalagem sua classificação, que pode ser:

  • Classe A (Infantil) – são aconselháveis para maiores de 05 anos.
  • Classe B (Juvenil) – são aconselháveis para maiores de 14 anos.
  • Classe C (Adulto) – são proibidos para menores de 18 anos.
  • Classe D (Profissional) – são permitidos para maiores de 18 anos, porém sua queima só pode ser realizada por técnicos e depende de autorização policial.

Em regra geral, um acidente com fogos provém sempre de:

  • Mau uso do produto!
  • Irresponsabilidade no cumprimento das normas de segurança!

Os fogos em si são tecnicamente seguros!


Algumas dicas importantes para se divertir com segurança:

  • SEMPRE leia e siga as instruções na embalagem;
  • SEMPRE use fogos em locais abertos;
  • SEMPRE solte fogos sob a supervisão de adultos e de acordo com a sua idade;
  • NUNCA tente reutilizar os fogos que tenham falhado;
  • NUNCA atire fogos na direção de outras pessoas;
  • NUNCA faça experiências, modifique ou tente fazer seus próprios fogos;
  • NUNCA utilize fogos após ingerir BEBIDAS ALCÓOLICAS;
  • NUNCA solte fogos em vias públicas;
  • NUNCA transporte estes artefatos nos bolsos, pois se eles se inflamarem, você certamente será atingido;
  • IMPORTANTE: Se uma bombinha explodir nas mãos de uma criança ou próximo de seus olhos, poderá causar mutilação ou cegueira;
  • IMPORTANTE: Certifique-se que o material seja de boa qualidade e que tenha informações sobre o fabricante, além das instruções de uso;
  • IMPORTANTE: Recuse produtos vendidos em locais não autorizados (portas de garagem, ambulantes, armazéns etc.).

Primeiros Socorros

Segue abaixo algumas dicas importantes:

  • Lavar a área atingida com água corrente, de preferência água gelada.
  • Enquanto não houver atendimento no hospital, cobrir a queimadura com um pano limpo.
  • Nas queimaduras em pequenas áreas pode-se passar vaselina esterilizada.
  • Nunca fure as bolhas! Elas servem para proteger a área queimada.
  • Não retire roupas grudadas, fragmentos de objetos ou graxas das lesões.
  • Não use pomadas sem ordem médica, nem toque as lesões com as mãos.

Procure Socorro Médico!

Se houver sangramento, faça um curativo com gaze ou um pano bem limpo.

Os pacientes com grandes áreas queimadas devem ser mantidos bem hidratados. Enquanto não chegar ao hospital, procure fazer o acidentado beber bastante água, pois a perda de água nas áreas queimadas é muito grande.

ATENÇÃO: Não tente dar água se a pessoa estiver inconsciente!

ATENÇÃO: Nunca colocar pasta de dente, óleo, pó de café, terra ou qualquer outra substância sobre as queimaduras. Isso não vai recuperar o tecido ou aliviar a dor, pelo contrário. Na hora do curativo será necessário limpar a área, se tiver de remover esses produtos, tudo isso se torna mais doloroso.

Em caso de acidentes, o Corpo de Bombeiros recomenda a ligação para o 193 – CBMRO, o 190 – PMRO ou também o 192 – SAMU.


Compartilhe