Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

SAÚDE PÚBLICA

Centro de Reabilitação de Rondônia realiza mais de 12 mil atendimentos nos primeiros quatro meses do ano

07 de junho de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

O Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero), instalado na zona Leste, bairro Mariana, em Porto Velho, realizou nos quatro primeiros meses deste ano 12.522 atendimentos, número que indica crescimento a cada ano. O Cero tem pouco mais de dois anos de funcionamento em sede própria, instalado em área construída de 2 mil m², na rua Petrolina.

Governador Confúcio conheceu novo serviço oferecido pelo Centro de Reabilitação

Em nova visita às dependências do Cero, nessa terça-feira (6), o governador Confúcio Moura conheceu serviço que vem sendo prestado há duas semanas. É a sala de estimulação precoce de crianças com microcefalia e outras doenças neurológicas.

Crianças de 0 a 3 anos são estimuladas, com uso de aparelhos adequados e brinquedos nas atividades de coordenação motora, locomoção, habilidades para desenvolver noções de tempo e espaço e outras finalidades, utilizando-se, segundo disse o secretário de Saúde, Williames Pimentel, de equipe multidisciplinar. A qualidade das instalações foi elogiada pelo governador.

Dos 12.522 procedimentos, a maior parte, 3.862, foi atendimento de fisioterapeutas para pacientes adultos; a seguir, foram realizados 3.404 atendimentos na terapia ocupacional; 2.278 em fisioterapia para crianças; 829 atendimentos na área de psicologia; 712 na assistência social; 624 na fonoaudiologia; 485 procedimentos na psicopedagogia; e 328 na assistência social.

A unidade conta, segundo o coordenador Rodrigo Campos, com 28 profissionais especializados. No total, são 53 servidores do estado que trabalham no local.

Nos primeiros quatro meses de 2017 também foram doados 420 cadeiras de banho para pessoas com deficiência, 393 cadeiras de roda de uso adulto e infantil, 81 cadeiras de rodas para tetraplégico adulto e infantil, 32 andadores, 23 muletas auxiliares, 17 bengalas canadenses, uma cadeira de rodas para obeso e uma cadeira de rodas motorizada. Ao todo, foram 968 aparelhos.

Pelo número apresentado, é provável que neste ano o número de equipamentos de locomoção para pessoas com alguma deficiência aumente em relação a 2016, ano em que foram doados pelo estado 2.558 aparelhos diversos por meio do Cero.

O governador, o secretário Pimentel e o adjunto Luiz Maiorquim ainda conversaram sobre a oficina ortopédica itinerante, instalada em um caminhão que deverá entrar em atividade assim que técnicos do Cero forem capacitados a partir de convênio que deverá ser efetuado com o hospital Santa Marcelina. Também será necessária a compra de insumos.

A ideia, segundo Rodrigo Campos, é iniciar a confecção de próteses na oficina itinerante internamente e posteriormente terá atividade externa. A necessidade de um técnico em ortopedia está sendo resolvida com o concurso realizado recentemente pela Secretaria da Saúde (Sesau).

Leia Mais:

Centro de Reabilitação de Rondônia alcança mais de 90% da capacidade de atendimento em Porto Velho


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Bruno Corsino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe