Governo de Rondônia
Quinta, 25 de fevereiro de 2021

PREVENÇÃO

Centro de Referência em Saúde do Trabalhador lembra Dia mundial em memória às vítimas de acidentes e doenças do trabalho

29 de abril de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

5987660f-a563-4e3e-85d0-ddd8741a52d1

Evento foi realizado nesta segunda-feira, em Porto Velho

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – Cerest/RO, realizou na manhã desta quinta-feira (28), em Porto Velho,  evento alusivo ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. O objetivo foi trazer para reflexão questões sobre os acidentes e adoecimentos no trabalho e seus impactos, bem como a importância de instauração do comitê de óbitos por acidentes de trabalho.

A fisioterapeuta do trabalho do Cerest, Simone Oliveira, considerou importante lembrar essa data, levando todos a uma profunda reflexão sobre a segurança e a saúde do trabalhador, uma vez que os índices de acidentes de trabalho são bem elevados. Ela ressaltou que entre as doenças mais comuns, estão patologias do grupo Lesões por Esforços Repetitivos (LER), Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort) e doenças mentais relacionadas ao trabalho, sendo que entre as doenças mentais mais comuns, estão a depressão e a síndrome do pânico.

A gerente do Cerest, Ana Flora Camargo Gerarhdt, lembrou da importância da formação do comitê de óbito por acidente de trabalho. “Mediante de tantos óbitos que ocorrem, é importante que os órgão correlatos possam ajudar na prevenção de óbitos precoce, adotando  medidas que possam  evitar os acidentes e doenças do trabalho”, disse.

O Ouvidor Geral do Estado, Vicente Rodrigues de Moura, que na ocasião representou o Secretário Estadual de Saúde, falou da importância do trabalho do Cerest e considerou um dos setores mais importante do governo do Estado. “Parabenizo o Cerest e toda sua equipe pela  memória às vítimas de acidentes de trabalho sobretudo, pela interação  entre os representantes dos órgãos públicos que também compartilham e ajudam na prevenção desse trabalho”.

Participaram do evento representantes do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Tribunal Regional do Trabalho 14ª Região, Ministério Público do Trabalho e Ouvidoria Geral do Estado.

A DATA

A data em memória ás vítimas de acidentes de trabalho, 28 de abril, surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical, espalhando-se por diversos países, por meio de sindicatos, federações, confederações locais e internacionais.

O dia foi escolhido em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no Estado da Virgínia, nos Estados Unidos, no ano de 1969. A Organização Internacional do Trabalho (OIT), desde 2003, consagra este dia á reflexão sobre a segurança e saúde no trabalho. No Brasil, a data foi instituída como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho em maio de 2015, pela Lei nº 11.121.

Em todo o mundo, milhões de trabalhadores se acidentam e morrem no exercício do trabalho a cada ano. Segundo estimativas da OIT, ocorrem anualmente no mundo cerca de 270 milhões de  acidentes de trabalho, além, de aproximadamente  160 milhões de casos de doenças ocupacionais. Dos trabalhadores mortos, cerca de 22 mil são crianças, vítimas do trabalho infantil. Ainda segundo a OIT, todos os dias morrem, em média, cinco mil trabalhadores, devido acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho.

No país, por ano, são registrados cerca de 3.000 mortes por acidente de trabalho, o que corresponde, a uma morte a cada três horas. Os números assustam, mas a situação é ainda mais grave. Isso porque, os dados são subnotificados pelas empresas que escondem acidentes e casos de doenças ocupacionais, para não pagar impostos.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Bosco Cardoso
Fotos: Bosco Cardoso
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Evento, Governo, Rondônia, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores


Compartilhe