Governo de Rondônia
Quarta, 26 de fevereiro de 2020

SEGURANÇA PÚBLICA

Cerimônia marca a formação de 21 novos cinotécnicos em Rondônia

23 de dezembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Curso garante a formação de um profissional altamente especializado no manejo e adestramento de cão em prol da segurança pública

Formandos, familiares, militares, autoridades, convidados e também os proprietários dos cães que participaram do III Curso de Extensão em Cinotecnia estiveram reunidos no início da tarde de sexta-feira (20) para a cerimônia de formatura, realizada na sede do Canil Central da Polícia Militar do Estado de Rondônia, no 4º Batalhão, em Cacoal.

Na cerimônia, 21 novos cinotécnicos concluíram com êxito a formação. Durante 47 dias, todos eles aprenderam e aperfeiçoaram as técnicas de manejo do cão e estão aptos a conduzirem os animais na atividade policial. “Vocês tiveram uma oportunidade e souberam aproveitá-la da melhor forma possível. A Polícia Militar se sente honrada e sabe que agora vocês terão grandes missões nos canis das instituições em que atuam, pelo estado de Rondônia, podendo compartilhar o conhecimento, ministrando instruções a outros profissionais”, disse o coronel PM Alexandre Luis de Freitas Almeida, chefe do Estado Maior Geral, aos formandos do curso, entre eles, 19 policiais militares, um bombeiro militar e um policial rodoviário federal.

Primeiro colocado no curso, o capitão PM Rodrigo Silva recebe o diploma das mãos do coronel PM Almeida

ESPECIALIZAÇÃO

Coronel Almeida enfatizou, ainda, o compromisso da Polícia Militar, em relação aos cursos de formação e especialização. “Nos orgulha encerrar o ano com mais esta atividade, que é o curso de Cinotecnia. A tônica mundial hoje é saber cada vez mais sobre cada vez menos, ou seja, focar na especialização profissional e é isso que a Polícia Militar está fazendo aqui hoje, especializando os senhores em prol de um trabalho de excelência”, reforçou.

Também em relação aos investimentos feitos pela Polícia Militar, o coronel PM Vet Anderson Teixeira de Carvalho destacou o curso de Cinotecnia. “Estamos começando uma nova história. O último curso de Cinotecnia foi realizado há 10 anos, mas a partir de agora essa formação será anual. Já temos cursos previstos para 2020 e 2021”, adiantou o coronel PM Vet Anderson.

O curso garante a formação de um profissional altamente especializado no manejo e adestramento do cão em prol da segurança pública. Primeiro colocado no III Curso de Extensão em Cinotecnia, o capitão PM Rodrigo Silva Nunes, ressaltou a importância da formação recebida. “O curso de Cinotecnia é importante em diversos aspectos. Os aspectos profissionais, no que diz respeito à criminalidade e também na parte de tratamento e assistência com animais, através dos projetos sociais da Polícia Militar. Do ponto de vista do emprego policial do cão, em relação à busca de entorpecentes, os animais cobrem a nossa lacuna de efetivo. Um cão faz o serviço de quatro ou cinco homens, ele busca aquilo que, aos olhos dos homens, está escondido. O cão consegue fazer uma identificação, a detecção de odores de uma maneira que homem nenhum consegue”, finalizou.

 

Leia mais:

Polícia Militar de Rondônia aumenta em 30% policiamento ostensivo para reforçar segurança no fim de ano

Polícia Militar de Rondônia monta estratégia para desencadear a Operação Fim de Ano Seguro, com reforço do efetivo


Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Cabo PM Marques
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Cursos, Educação, Evento, Formatura, Governo, Municípios, Polícia, Rondônia, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe