Governo de Rondônia
Quinta, 14 de dezembro de 2017

ALIMENTOS

Chamada pública da Aeronáutica adquire mais de R$ 600 mil em produtos da agricultura familiar em Rondônia

22 de novembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

A primeira chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios para o Comando da Aeronáutica, por meio do Grupamento de Apoio em Porto Velho, adquiriu produtos de agricultores familiares e de cooperativas rondonienses avaliados em R$ 618.208,95.

Chamada pública foi na sede do Comando em Porto Velho

O certame, coordenado pelo presidente da Comissão Permanente de Licitações da Aeronáutica, 1º tenente intendente, Richard Julião Alves, foi realizado na sede do Comando, na manhã de terça-feira (21), onde compareceram 18 participantes, com seis cooperativas representadas.

A legislação prevê que 30% das compras sejam feitas da agricultura familiar. Dos 89 itens solicitados pelo edital, orçados em R$ 988.967,58, foram comercializados 59 itens entre gêneros alimentícios como leite, ovos, carne bovina tipo charque, carne suína, farinhas, hortaliças, doces, iogurte, arroz, feijão, carne de frango, manteiga e frutas. Trinta itens não foram atendidos.

A definição dos preços dos produtos do edital é feita por meio de reuniões da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) com comissões de agricultores, e que estabelece uma referência em atendimento ao PAA, além da coleta de preços junto a fornecedores locais. Nessa modalidade, o agricultor individual pode comercializar até R$20 mil reais e por meio de cooperativas, o valor pode chegar a R$6 milhões.

De acordo com a secretária-adjunta da Agricultura, Mary Braganhol, a Seagri tem trabalhado para orientar e estimular a participação dos agricultores familiares nas chamadas públicas para aquisição de gêneros alimentícios, como forma de garantir a diversificação da produção, a ampliação de mercados e a melhoria da renda da família rural.

Experiência

“As compras institucionais abrem um novo mercado para agricultores familiares”, garante a secretária. Para o tenente Richard Julião, a experiência dessa primeira chamada foi positiva. Para o ano que vem, pretende intensificar a divulgação e solicitar amostra dos produtos.

“Ao participarmos do simpósio no mês passado, ouvimos a experiência do Comando da 17ª Brigada de Infantaria de Selva que já havia adquirido produtos e nos convencemos pelas vantagens apresentadas: alimentos frescos e saudáveis, com garantias de procedência e utilização mínima de agrotóxicos e conservantes”.

Dona Zilma e Dona Maria Alves ficaram satisfeitas com as vendas

Para o produtor Evandro Leite, do Laticínio Aprolmon, que comercializou cinco mil litros de leite e 2.300 litros de bebida láctea, essa é a hora dos produtores se organizarem. “Não há como trabalharmos sozinhos, temos que nos unir para diluir custos”, disse.

O assessor de Gestão da Cooperativa de Agroindústrias e Produtores Rurais do Vale do Jamari (Coaprav), Adilson Previdi, acha que a partir de agora os produtores têm mais uma alternativa para organizar a produção e planejar as vendas. A Coaprav tem 38 cooperados e vai comercializar cerca de R$250 mil reais em produtos para a Aeronáutica. “Mas a tendência agora é dobrar o número de associados”, garantiu.

Claudineia Oliveira, assessora de Comercialização da União das Cooperativas (Unicafes), que representou três cooperativas no certame e comercializou cerca de R$50 mil reais, disse que também está acompanhando as chamadas públicas das prefeituras de Ji-Paraná, Urupá e de Alvorada. “Estamos levantando produção e planejando entrega de produtos. Vamos solicitar parceria da Emater para ampliar essa atividade”.

Zilma Camilo Siqueira, do Sítio Primavera, Linha 627, em Itapuã do Oeste, comercializou 600 quilos de queijo a um custo de R$ 9.900 e Maria Alves Garcia Moura, do Ramal Bom Jesus, vai vender alface, almeirão, berinjela, limão, maxixe, salsa, coentro e cebolinha, num total de R$ 17.795,45. “Isso estimula a gente a trabalhar”, disse dona Maria Alves.

Leia mais:

 Agricultura familiar pode ampliar mercados com compras institucionais em Rondônia


Fonte
Texto: Mirian Franco
Fotos: Mirian Franco
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Brasil, Economia, Edital, Governo, Legislação


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube