Governo de Rondônia
Quinta, 18 de outubro de 2018

SAÚDE PÚBLICA

Com inauguração de laboratório de patologia, Rondônia avança no tratamento de câncer no estado

19 de dezembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Foram investidos R$ 1,5 milhão na reforma e aquisição de equipamentos para o laboratório

 

A inauguração do Laboratório de Patologia Cirúrgica do Hospital de Base, ocorrido na manhã desta terça-feira (19), fecha o ciclo do tratamento de câncer em Rondônia, segundo o secretário estadual da Saúde Williames Pimentel.

O secretário chamou atenção para os investimentos feitos em diagnóstico e tratamento oncológico em Rondônia, que ultrapassam R$ 30 milhões por ano em convênio com instituições como o Hospital do Câncer de Barretos e Hospital São Pelegrino, ambos em Porto Velho, e Hospital Daniel Comboni, no município de Cacoal.

Inaugurado, o laboratório vai possibilitar diagnóstico de biópsias e exames anatomopatológicos baseados em características morfológicas dos tecidos células.

Governador Confúcio Moura ressaltou os investimentos do Estado no tratamento do câncer em Rondônia

Foram investidos R$ 1,5 milhão na reforma e aquisição de equipamentos de última geração. Nele estará atuando um corpo de profissionais formado por médicos patologistas, técnicos em laboratório e agentes administrativos.

Para Pimentel é importante observar a situação da saúde estadual encontrada antes da primeira gestão do governador Confúcio Moura. Segundo o secretário, só com esta avaliação para medir a importância do que fica como legado.

“Recebemos o hospital de Cacoal fechado pelo Ministério Público. Hoje, realiza 36 mil consultas, 4.500 internações e 500 cirurgias. Toda esta demanda seria encaminhada para Porto Velho”, exemplificou o secretário citando o governador Confúcio Moura como o idealizador do sistema de descentralização.

O Laboratório de Patologia Cirúrgica acrescenta ao Hospital de Base, conforme Pimentel, mais qualidade no atendimento, o que ocorre nas áreas de cirurgia bariátrica, hemodiálise,  transplante de rim, acompanhamento aos transplantados de fígado e oftalmologia, entre outros.

Descontraído, o governador Confúcio Moura brincou que pouco havia a falar após a explanação do secretário Pimentel. Mas ressaltou que o laboratório abre uma alternativa para estudos numa especialidade rara como a anatomopatogia, que tem poucos profissionais qualificados no país.

Solenidade ocorreu na manhã desta terça-feira, quando também foram entregue veículos para secretarias municipais

SEGURANÇA

O maior avanço, entretanto, segundo Confúcio, está no fato de que o laboratório avança na segurança para o diagnóstico do câncer, o que é bom para os médicos e pacientes.

Confúcio ressaltou que o governo investe em outras instituições que atuam no tratamento do câncer em Rondônia. “Há um trabalho massivo de prevenção em andamento. Queremos chegar não ter que receber mais o paciente com estágio avançado da doença. O governo faz um esforço muito grande para evitar que isto aconteça”, concluiu.

Na mesma cerimônia, a Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) entregou veículos Ethios Toyota para as secretárias municipais de Ariquemes, Costa Marques, Itapuã do Oeste, Jaru, Machadinho do Oeste, Cujubim, Presidente Médici, Teixeirópolis, São Francisco e Porto Velho. Todas, segundo a gerente da Agevisa Arlete Baldez, alcançaram metas na vigilância de saúde.

Leia mais:
Rondônia entra no sistema nacional do Registro de Câncer de Base Populacional
Vida saudável e exames periódicos continuam sendo métodos mais eficazes na prevenção ao câncer, alerta especialista da POC


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Evento, Governo, Obras, Rondônia, Saúde, Sociedade


Compartilhe