Governo de Rondônia
Terça, 07 de julho de 2020

BALANÇO

Com serviços de qualidade, DER encerra 2019 com avanços nas rodovias, obras urbanas e infraestrutura aeroportuária

30 de dezembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Serviços de patrolamento, encascalhamento e drenagem para combater lamaçal e atoleiros

 

Encarregado da missão principal de garantir trafegabilidade com segurança nas rodovias que estão sob responsabilidade do governo de Rondônia, o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) trabalhou intensamente para cumprir a determinação do governador, coronel Marcos Rocha, de executar serviços com planejamento, qualidade, fazendo assim, bom uso dos recursos públicos.

As atribuições do DER vão além dos asfaltamentos de rodovias e da recuperação das estradas, elas contribuem para o desenvolvimento de Rondônia e melhoram a qualidade de vida da população, principalmente o para os estudantes e produtores da área rural. No decorrer do ano, o governo realizou inúmeras ações, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem, como a construção de praças nos municípios; asfaltamento urbano; construções de pontes de concreto; a execução de projetos de obras civis como: teatros, delegacias, hospitais, escolas, além das diversas parcerias com os municípios.

Segundo o coordenador de Operações e Fiscalização (COF) do DER, engenheiro Diego Martins Corrêa, os serviços de patrolamento foram aplicados em 100% de toda a malha, ou seja, 4,5 mil quilômetros de estradas não pavimentadas em Rondônia.

Para evitar atoleiros e lamaçal, com cascalho de qualidade, planejamento e técnica na execução, 43% dessas rodovias receberam os serviços de encascalhamento, garantindo assim, trafegabilidade com segurança no inverno amazônico. Além da instalação de 1.385 m de bueiros metálicos para drenagem das estradas, facilitando o escoamento das águas que antes bloqueavam as rodovias durante o período chuvoso. “As ações do DER apresentam excelentes resultados e, dentro das condições, os trabalhos de operações e fiscalização também agem na busca por uma reestruturação do setor para os próximos anos. As fiscalizações dos serviços executados pelas Residências Regionais são realizadas rotineiramente. O COF já percorreu mais de 20 mil quilômetros dentro das rodovias estaduais”, destacou o coordenador.

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS

Antes e depois da operação tapa-buracos executada pela Usina de Asfalto de Rolim de Moura na Zona da Mata

 

Com o orçamento disponível, o DER fez muito com pouco, atendendo mais de 700 quilômetros de rodovias na operação tapa-buracos com aplicação do asfalto CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente). No final de novembro, o DER recebeu um balsa vinda do Amazonas com, aproximadamente, 280 toneladas de Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP).

Com um investimento de R$ 2,5 milhões, o insumo, que serve para produção do asfalto de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) foi distribuído às quatro Usinas de Asfalto nos últimos dias, localizadas em Porto Velho, Jaru, Ji-Paraná e Rolim de Moura, garantindo a execução dos serviços, mesmo no período de chuvas.

MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS

Sabe-se que a construção e manutenção de estradas só é possível com máquinas e equipamentos em boas condições. Com 736 veículos, no início deste ano, foram identificados, apenas, 16% de equipamentos em funcionamento. Com o levantamento realizado no início do ano pelo DER, os trabalhos de manutenção foram iniciados com agilidade e, no fechamento do ano, 90% destes equipamentos já foram recuperados e promoveram a celeridade no atendimento das necessidades, conforme cronograma de ações.

AÇÕES URBANÍSTICAS E SERVIÇOS PÚBLICOS

Fiscalizado pelo DER, o Teatro de Ariquemes está pronto para ser entregue à população

 

Com o objetivo de entregar obras de qualidade à população, as ações da Coordenadoria de Infraestrutura e Ações Urbanísticas e Serviços Públicos (Cinfra) superaram as expectativas e, neste primeiro ano de gestão, os trabalhos apresentam saldo positivo.

Além da reestruturação do setor no início deste ano, a coordenadoria cumpriu a missão de fiscalizar um pacote de obras superior a R$ 87 milhões, com monitoramento constante de 30 obras.

Os trabalhos garantiram apoio aos diversos setores do Estado que passam pelo processo de realização de obras que vão desde hospitais, presídios, escolas, alojamentos militares, creches, teatros e bosques, acompanhando e fiscalizando mais de 130 convênios, garantindo a qualidade e controle dos serviços de engenharia e arquitetura nos municípios.

PRINCIPAIS OBRAS DO DER

O diretor-geral do DER, coronel Erasmo Meireles e Sá, destacou que, durante todo o ano de sua gestão frente ao DER, a execução dos serviços só tornou-se possível com o apoio e planejamento do governador coronel Marcos Rocha, que durante todo o ano exigiu transparência nas ações, qualidade nos trabalhos e resultados duradouros. “Com trabalho árduo, conseguimos fechar 2019 de forma positiva, quebramos paradigmas com a finalização de obras que estavam paradas há anos, dentre elas, o Anel Viário de Ji-Paraná, um sonho que há mais de 20 anos se arrastava na região central do Estado” destacou o diretor-geral do DER.

5 quilômetros são asfaltados no trecho prioritário que engloba o Hospital Santa Marcelina e o Hospital do Amor, em Porto Velho

A realização de mais um sonho da população que tornou-se real foi o início da pavimentação do Expresso Porto de Porto Velho. “Inicialmente serão 5 quilômetros asfaltados no trecho prioritário que engloba o Hospital Santa Marcelina e o Hospital do Amor em Porto Velho. Com um investimento de, aproximadamente, R$ 2,5 milhões em aquisição de insumos (material asfáltico e agregados), os trabalhos visam atender pacientes que estão em tratamento nos hospitais próximos aos trecho”, explicou coronel Meireles.

Ainda de acordo com o diretor do DER, em 2019 o departamento trabalhou com um orçamento bastante limitado. “Apesar disso, conseguimos alcançar excelentes resultados por atuar com planejamento, priorizando as principais necessidades do nosso Estado. Sabemos que muito ainda precisa ser feito, por isso, mesmo no período de chuvas, os serviços de manutenção de rodovias, executados por nossas 14 residências e 4 usinas de asfalto, não terão pausa”.

 

FITHA

Com aumento do rapasse, o Fundo de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Fitha) fortaleceu os municípios neste ano, e deu grande ênfase na recuperação das estradas municipais, construção e recuperação de pontes, abertura, alargamento e conservação de vias de acesso na zona rural, compra de maquinários, equipamentos, peças e combustível. Repassado pelo DER, o fundo é considerado um reforço importante para o caixa dos municípios e vital para o desenvolvimento dos mesmos, além de garantir a trafegabilidade dos munícipes como equipes de saúde e transporte de alunos.

INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA

No decorrer do ano, por meio da Coordenadoria de Infraestrutura Aeroportuária, os aeroportos de Vilhena, Ji-Paraná e Cacoal receberam projetos de manutenção e modernização em suas estruturas com o objetivo de viabilizar novos voos, como também voos noturnos que atenderão ás necessidades da região.

Além de Ji-Paraná e Cacoal, a expansão de voos abrange o município de Vilhena, inclusive, com saída e chegada no período noturno. Avanços que buscam o fomento da economia no Estado de Rondônia.

 

Leia mais:

 Departamento de Estradas de Rodagem recupera rodovia que liga Cacaulândia à BR-364

 Departamento de Estradas de Rodagem finaliza recuperação de mais oito quilômetros de asfalto em Estrela de Rondônia

 Com aplicação de asfalto, governo intensifica operação tapa-buracos na RO-391

 De Cacoal a Ministro Andreazza, DER realiza manutenção na rodovia 471

 Ações do DER ganharão intensidade com a chegada de 280 toneladas de insumos para produção da massa asfáltica

 No Sul do Estado, governo inicia operação tapa-buracos na RO-391


Fonte
Texto: Gabriela Mourão
Fotos: Divulgação
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Economia, Educação, Evento, Governo, Municípios, Rondônia, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe