Governo de Rondônia
Terça, 11 de dezembro de 2018

POLÍCIA MILITAR

Combate à evasão escolar e tecnologia são armas contra a criminalidade, diz governador Daniel Pereira

11 de abril de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Daniel Pereira presidiu a troca de comando na PM e falou de iniciativas para enfrentar a criminalidade

 

O combate à evasão escolar deve enfrentado pelo estado sob todas as formas, defendeu o governador Daniel Pereira, na terça-feira (10), ao presidir a solenidade de troca de comando da Polícia Militar de Rondônia. O coronel PM Mauro Ronaldo Flores Correa assumiu o cargo e substituição ao coronel PM Ênedy Dias. Baseado num estudo recente, o governador disse que 90% dos adolescentes envolvidos em atos infracionais abandonaram as salas de aula.

“Precisamos combater a causa, não o efeito”, sustentou Daniel Pereira ao apontar a evasão escolar como uma das origens da elevação dos índices de violência no país. Ele propôs que professores, orientadores e diretores mantenham rígido controle da frequência escolar dos alunos e indicou que a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) está concluindo um mecanismo que facilitará estas observações.

Daniel Pereira fez citações sobre iniciativas do coronel Ênedy que tornaram a Polícia Militar mais eficiente e valorizada. Um longo elogio do governador também foi lido durante a cerimônia. No documento constam feitos para para promover valorização da tropa através melhorias salariais, qualificação profissional, ampliação do programa de resistência às drogas e do número de colégios militares no estado, entre outras.

ELOGIOS

A Polícia Militar de Rondônia realiza trabalho digno de elogios, disse o governador diante da tropa

Diante da tropa, o governador reiterou que o ex-comandante Ênedy prestou uma grande contribuição à corporação.

Ao novo comandante, coronel PM Mauro Ronaldo Flores Correa, Daniel Pereira agradeceu por ter aceitado “o desafio de prestar serviço ao estado no comando da instituição”.

O ex-governador Confúcio Moura, a quem Daniel Pereira sucede, foi citado três vezes no discurso do governador. Disse que

herdou a “missão quase impossível” de dar prosseguimento à gestão de Confúcio, mas salientou que os mecanismos criados pelo antecessor devem facilitar o trabalho.

A intervenções para assegurar a segurança ao cidadão, segundo o governador, passam pela tecnologia e vários caminhos serão tomados para que isto ocorra.

TECNOLOGIA

Sob aplausos, ele anunciou que estes meios possibilitarão a delegados de polícia atender mais de uma delegacia e, desta forma potencializar o aproveitamento dos profissionais em outras áreas mais carentes. Os policiais militares, também utilizarão tecnologia oferecida pelo Tribunal de Justiça, que elimina papel e caneta. Os feitos dos policiais serão transmitidos com agilidade para o delegado plantonista ao Judiciário.

O coronel PM Mauro Ronaldo Flores Correa, é gaúcho, 51 anos e ingressou na PM de Rondônia há 24 anos. É bacharel em Direito, ocupou vários cargos na corporação e uma longa lista de cursos de qualificação.

Foi subdiretor da Diretoria de Ensino e chefe da área de Projetos da Diretoria de Apoio Logístico e Administrativo da PM. Também atuou como gerente da Integração de Segurança Pública da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

Pouco depois de tomar posse no comando da instituição, anunciou que lema é “lealdade, disciplina e constância” e pediu o compromisso da tropa nesta missão.

Veja galeria de fotos do evento


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia, Segurança, Serviço, Servidores


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube