Governo de Rondônia
Terça, 03 de agosto de 2021

SANIDADE ANIMAL

Começa dia 15 em Rondônia a 41ª etapa de vacinação contra a febre aftosa

10 de outubro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Proprietários de bovinos e bubalinos têm que vacinar seu rebanho a partir do dia 15 de outubro a 15 de novembro. O prazo para declaração da vacina na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) terminará em 22 de novembro. Nesta etapa, todos os animais devem ser vacinados e declarados, independente da idade.

Vacinação de bovinos e bubalinos vai acontecer de 15 de outubro a 15 de novembro em todo o estado

Vacinação de bovinos e bubalinos vai acontecer de 15 de outubro a 15 de novembro em todo o estado

De acordo com a Idaron, a expectativa é que sejam vacinados e declarados mais de 13,5 milhões de cabeças. “O produtor rural de Rondônia sempre atende ao chamado da Agência para vacinação do rebanho. Acreditamos que não será diferente nesta campanha”, disse o gerente de Defesa Animal, Fabiano Alexandre dos Santos.

Ele também falou sobre os cuidados que os produtores devem ter durante a vacinação. “O pecuarista deve fazer um manejo adequado do rebanho, separando por idade, e sempre conservar a vacina em caixa de isopor com bastante gelo durante todo o procedimento”, informou Fabiano.

Para declarar a vacinação, o produtor deve ir à Idaron com a nota fiscal de compra das vacinas e com a relação do rebanho por faixa etária e sexo.

Os produtores que não vacinarem o rebanho ou não declararem a vacinação poderão ser multados em R$ 152,72 por animal não vacinado. Para quem vacinar e não declarar, a é cobrado o mesmo valor, mas por propriedade rural.

CAMPANHA

Para esta Etapa de vacinação, a Idaron desenvolverá atividades locais relativas à campanha de vacinação, de forma descentralizada, voltadas à educação sanitária e divulgação da campanha nas oito áreas de Supervisões Regionais da Agência.

“É importante que todos sejam responsáveis pela divulgação da campanha. Produtores, empresários, instituições, escolas, associações devem se engajar no processo, pois o sucesso da vacinação traz consequências positivas para todo o estado”, ressaltou o presidente da Idaron, Anselmo de Jesus.

Desta forma, segundo a Idaron, será garantida uma divulgação mais abrangente da campanha, com maior proximidade aos parceiros, especialmente produtores rurais.

O presidente da Idaron, Anselmo de Jesus, concluiu dizendo que a Idaron tem que estar onde os produtores estão. “Todas as campanhas de vacinação são sucesso porque o produtor rural cumpre com o seu dever de vacinar os animais”.

Uma das diversas atividades programadas para a divulgação da campanha ocorrerá em sessão plenária na Assembleia Legislativa, na próxima terça-feira (11), a partir das 15h. Também ocorrerão sessões em Câmaras de Vereadores, palestras em associações, pit stop, entre outras ações.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Evento, Governo, Rondônia, Sociedade


Compartilhe