Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

SAÚDE PÚBLICA

Começa nesta segunda-feira distribuição de repelente contra o Aedes aegypti para gestantes de Porto Velho e região

27 de março de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

A cada mês, cada uma das 1.145 gestantes cadastradas no Programa Bolsa Família em Porto Velho receberá dois frascos de repelente contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. A distribuição será iniciada a partir das 14h desta segunda-feira (27), em Porto Velho, em ato programado para o auditório da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa).

No Estado de Rondônia serão distribuídos 8.214 frascos para 4.107 gestantes inscritas. A distribuição será feita sete vezes em 2017, conforme informou a diretora-geral da Agevisa, Maria Arlete Baldez.

No atual período pesquisado pela Gerência Técnica de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, foram notificados 2.747 casos de dengue, dos quais 489 confirmados, mil descartados e 1.258 em investigação. No ano passado, no mesmo período, a gerência notificou 9.230 casos, confirmou 5.234, descartou 3.996 e constatou dois óbitos.

No comparativo da ocorrência de dengue no período de 1º de janeiro a 18 de março, houve queda de 70,24% entre 2017 e 2016.

Com 34 mil quilômetros quadrados, Porto Velho lidera a região Madeira-Mamoré, formada também por Nova Mamoré, Guajará-Mirim, Candeias do Jamari e Itapuã do Oeste, com 1.597 gestantes cadastradas no Bolsa Família pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. Elas receberão 3.194 frascos.

O segundo maior número de gestantes (750) está na região Central (Ji-Paraná, Alvorada do Oeste, Governador Jorge Teixeira, Jaru, Theobroma, Teixeirópolis, Urupá, Mirante da Serra, Nova União Ouro Preto do Oeste, Presidente Médici, Vale do Anari, Vale do Paraíso e São Miguel do Guaporé), onde serão distribuídos 1.500 frascos.

O menor número de gestantes (190) está no Vale do Guaporé, formado pelos municípios de Costa Marques, São Francisco do Guaporé e Seringueiras.

Machadinho do Oeste (37,1 mil habitantes) está em estado de alerta contra a dengue 1, cujos casos totalizam 772  confirmados e 57 a confirmar. Estão em estado de alerta os municípios de Chupinguaia, Espigão do Oeste, Governador Jorge Teixeira, Itapuã do Oeste, Monte Negro, Pimenta Bueno e Pimenteiras do Oeste.

Veja o boletim (em pdf) epidemiológico do monitoramento da dengue em Rondônia

Leia Mais:

Governo encerra mapeamento de infestação e ajuda municípios no combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia, Saúde


Compartilhe