Governo de Rondônia
Domingo, 13 de junho de 2021

MEIO AMBIENTE

Comitê antecipa estudo dos municípios com maior número de focos de queimadas em Rondônia

20 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

fogo

Focos de fogo orientarão decretos de emergência ambiental

Pelo menos 15 municípios com maior incidência de focos de incêndios e queimadas em Rondônia farão parte do primeiro levantamento desses problemas em 2015. Essa análise embasará os futuros decretos de emergência ambiental.

A previsão foi feita pelo comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, coronel Sílvio Rodrigues, durante reunião do Comitê de Prevenção, Proteção às Áreas Ambientais e Combate a Incêndios Florestais. “Queimada, só controlada”, ele apelou aos participantes da reunião, no auditório do CBM-RO, na sexta-feira (17).

Rodrigues referiu-se à necessidade dos municípios de fazer queimas em áreas urbanas, mas demonstrou preocupação com esse fenômeno em áreas rurais, para onde são deslocados brigadistas treinados em diferentes órgãos públicos estaduais e federais. “Por isso mesmo, nossa próxima reunião será quinta-feira [23], na sede do Ministério Público Estadual, quando cada órgão definirá a sua parcela de participação nesse período de calor”, explicou.

A segunda reunião foi coordenada pelo comandante Rodrigues, com a participação do coronel Lindoval Rodrigues Leal e da capitão Daniele Cristina Lima Ferreira. Em comum acordo com o coordenador municipal de Defesa Civil, Marcelo Silva dos Santos, a sala de situação de queimadas funcionará fora da sede do comando do CBM-RO, na rua Campo Sales. “Aqui adotaremos providências no âmbito estadual, dando prioridade aos municípios do interior que sentem o impacto desses fenômenos a cada ano”, assinalou.

Operações preventivas em Porto Velho preocupam, devido à sua extensão [34,82 mil quilômetros quadrados, superior ao Estado de Sergipe, que tem 21,9 mil Km²]. O secretário municipal de Meio Ambiente, Edjales Benício, informou ao comandante Rodrigues que a prefeitura contratará 30 brigadistas, amparada em lei federal.

Já no interior de Machadinho do Oeste [a 380 Km da capital], a divisa entre os estados de Rondônia e Amazonas contará com o empenho do Programa Prevfogo, do Ibama. Está prevista para 2016 a instalação de uma base de controle de fogo formada por dez brigadistas.

As áreas mais vulneráveis a queimadas e incêndios situam-se em Cujubim [Vale do Jamari, a 224 Km da capital] no Distrito de União Bandeirantes [a 190 Km], Joana D’Arc [a 110 Km], Cerejeiras e Vilhena [no chamado Cone Sul do Estado, a 750 Km] e Jacy-Paraná [a 90 Km]. Territórios imensos dispõem de apenas três instrutores práticos, quatro camionetes e apenas quatro brigadistas.

Segundo o 1º sargento Macedo, da Base Aérea de Porto Velho, a corporação dispõe de 50 brigadistas formados, porém, nem todos estão disponíveis: “Vamos compor com os demais”, ele anunciou.

O Comitê informou que o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) atua somente em unidades federais de conservação ambiental, utilizado 25 bombas costais, seis camionetes e 500 metros de mangueira.

ANIVERSARIO_DO_BM_E_PREVENCOES_DE_QUEIMADAS_17072015_FOTOS_MAICONLEMES (16)

Comandante Sílvio Rodrigues diz que há necessidade de número maior de brigadistas

O representante da Eletronorte, Celson do Nascimento Duarte, manifestou-se em relação à faixa de servidão nas linhas de alta tensão de transmissão de energia elétrica: “Elas devem ser mantidas baixas. A fumaça interfere”Tivemos problemas no ano passado”.

Participam do comitê representantes do Batalhão da Polícia Militar Ambiental,  Base Aérea de Porto Velho, Centrais Elétricas do Norte do Brasil (Eletronorte), Comissão Estadual de Defesa Civil, Comissão Municipal de Defesa Civil, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), ICMBio, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Universidade Federal de Rondônia (Unir), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Porto Velho, Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam).

O Ibama colabora na campanha preventiva deste ano, distribuindo fôlderes, e o Departamento de Comunicação Social do Governo do Estado promoverá mídia conjunta com o comando do CBM-RO.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Maicon Lemes e MMA
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Capacitação, Convênios, Distritos, Ecologia, Educação, Empresas, Evento, Governo, Inclusão Social, Infraestrutura, Legislação, Meio Ambiente, Rondônia, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade, Solidariedade, Trânsito, Transporte, Turismo


Compartilhe