Governo de Rondônia
Domingo, 15 de dezembro de 2019

PREVENÇÃO

Comitê Estadual de Combate ao Aedes Aegypti promove evento para reforçar mobilização da sociedade na luta contra mosquito

06 de abril de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Em alusão ao Dia Mundial da Saúde, celebrado anualmente no dia 7 de abril, o Comitê Estadual de Combate ao Aedes aegypti e Enfrentamento da Microcefalia vai promovendo uma ação para continuação da conscientização da sociedade no enfrentamento e combate ao mosquito Aedes Aegypti, com a participação de todos os segmentos da sociedade. O evento será realizado na próxima segunda-feira (11), no auditório do Teatro Guaporé, em Porto Velho, a partir das 9h.

Serão apresentados pelo secretário estadual de Saúde (Sesau), Williames Pimentel, e a diretora da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Arlete Baldez, o Relatório de Gestão 2015, a situação do H1N1 e, ainda, será articulada uma grande mobilização de autoridades civis e militares para intensificar as ações de enfrentamento e combate do mosquito Aedes aegypti, minimizando a transmissão de dengue, zika e chikungunya.

“Estamos iniciando o 3º ciclo de visitação dos imóveis e agora mais do que nunca precisamos do apoio dos parceiros para conscientizar a população continuar cuidado dos seus espaços. Não podemos de maneira nenhuma interromper esse trabalho, uma vez que os casos estão aumentando. Este ano foram notificados 7.758 casos de dengue em Rondônia. Deste total, 565 foram confirmados. Em relação ao mesmo período do ano passado, houve um acréscimo de 300% em casos confirmados”, explicou Arlete Baldez.

O 2º ciclo de visitação dos imóveis, que compreendeu o período de 1 a 31 de março, foi concluído com 58,6% de visitas no Estado, sendo que 24 municípios atingiram a meta igual de 100%, 12 municípios igual ou maior que 75% e 26 municípios conseguiram menos que 50% de visitação.

De acordo com informações da Sala de Situação, a maior dificuldade alegada pelos municípios para execução das tarefas de visitação é com relação aos recursos humanos e da inserção dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) nas ações de controle de endemias.

Saiba mais:
Escolas da rede estadual do Vale do Jamari capacitam alunos para serem multiplicadores no combate ao Aedes aegypti
Governo e entidades religiosas discutem estratégias de combate ao mosquito Aedes aegypti


Fonte
Texto: Marilza Rocha
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Água, Brasil, Capacitação, Conferência, Governo, Habitação, Municípios, Rondônia, Saneamento, Saúde, Serviço, Sociedade


Compartilhe