Governo de Rondônia
Domingo, 15 de setembro de 2019

PARCERIA

Comitiva da Suframa visita Porto de Porto Velho e trata da implantação de um porto seco em Guajará Mirim

16 de julho de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Superintendente da Suframa, Alfredo Menezes visita Porto de Porto Velho

O superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes, acompanhado da comitiva da autarquia, visitou o Porto Público de Porto Velho na manhã desta terça-feira (16) a fim de fortalecer as atividades nos estados onde há uma unidade instalada.

O diretor presidente da Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia (Soph), Amadeu Hermes Santos da Cruz, falou da possibilidade de utilizar uma área da Suframa disponível em Guajará-Mirim. “A ideia é utilizar este espaço como porto seco para armazenar os produtos provenientes da Bolívia de forma que seja possível dar condições para o estabelecimento da relação comercial entre os dois países”, explicou.

O coordenador geral de Estudos Econômicos e Empresariais (Cogec) da Suframa em Porto Velho, Gil Vicente da Silva, explicou que a área deixou de ser utilizada em função dos transtornos que a movimentação dos veículos causava à sociedade.

“O grande fluxo de transporte de cargas e vistorias locais danificava a estrada e o asfalto da cidade. À Suframa era dada a responsabilidade de recuperar as vias e isso foge da nossa autonomia. No momento, uma vez que há agentes do governo do estado de Rondônia através do Porto e do DER, é possível firmar um convênio e disponibilizar a área para uso por determinado período”, afirmou o integrante da comitiva.

O superintendente estava acompanhado pelo superintendente adjunto de Operações, Luciano Tavares, e pela coordenadora-geral de Comunicação Social, Karlla Marinho.

Leia mais:

Comitiva de empresários bolivianos visita Porto de Porto Velho e pretende escoar produção com uma economia de US$ 35 por tonelada


Fonte
Texto: Rafaela Schuindt
Fotos: Rafaela Schuindt
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Economia, Empresas, Governo, Infraestrutura, Rondônia, Sociedade, Transporte


Compartilhe