Governo de Rondônia
Segunda, 17 de fevereiro de 2020

EDUCAÇÃO

Concurso de Pintura “Rondônia e suas Belezas Naturais” revela talentos e superação em Porto Velho

26 de novembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

A estudante ficou em segundo lugar e está motivada a voltar em 2020

O Concurso de Pintura “Rondônia e suas Belezas Naturais”, realizado em frente ao Palácio Rio Madeira (sede do governo estadual), na última sexta-feira (21), revelou talentos artísticos entre os 14 representantes de escolas estaduais que participaram do concurso. Histórias de superação e inclusão social fizeram parte deste concurso que revelou diversos pontos turísticos do Estado, em pinturas artísticas de acordo percepção de cada estudante descrevendo em tela as imagens da sua região.

Arely Zilem Ortega Nova, 14, boliviana de San Joaquin (Beni), estudante do 8º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Angelina dos Anjos, em Costa Marques, pintou uma paisagem das margens do Rio Guaporé, que divide o Brasil e a Bolívia. A estudante ficou em segundo lugar na premiação, recebendo um notebook, e disse que o concurso chegou para trazer alegria em um momento muito difícil em sua vida. “Perdi meu pai neste ano. Eu estava muito triste e me sentindo sozinha, mas graça a Deus surgiu esse concurso de pintura, veio num momento muito oportuno, me ajudando a superar esta dor”, disse.

O secretário Suamy Vivecananda parabenizou a estudante

A mãe da estudante Yvonne Nova Ariazola ficou muito feliz, por ver a filha participando algo tão importante para a história do Estado de Rondônia, já que o objetivo do concurso é valorizar o patrimônio público e geográfico de Rondônia, e expandir o potencial turístico por meio da visão dos estudantes de todas as regiões do Estado, por meio de ações que impulsionem o turismo através da percepção e conhecimento da cada estudante. “Este concurso aconteceu na hora certa, pois minha filha estava muito triste com a perda do pai, e vê-la motivada e com vontade de vencer está sendo muito prazeroso, pois desde o início este concurso serviu de terapia ocupacional para ela”, pontuou.

O estudante Vinícius Apitxaiaxi A Ruá, de 18 anos, aluno do 9° ano da Escola Indígena Kon Koatt Tupari, Aldeia Cajui de Alta Floresta D’Oeste, começou a desenvolver sua veia artística com pintura aos 15 anos de idade, desde então vem sendo motivado pela família participar de atividades que aprimorem seu talento.

O estudante Vinício iniciou na arte aos 15 anos

“Eu não imaginava que chegaria até aqui, mas minha mãe e meus familiares me incentivaram a participar do concurso, e esta foi uma oportunidade muito valiosa para mim, pois pude trocar experiências com outros estudantes, e me motivou ainda mais. Senti-me valorizado e incluído, o governo de Rondônia está de parabéns por incentivar projetos desta magnitude, vou fazer o possível para participar no ano que vem”, disse Vinicícus.

O secretário de Estado da Educação, Suamy Vivecananda, disse que este é um projeto importante, pois incentiva os estudantes no desenvolvimento dos seus talentos, valoriza a educação e leva o conhecimento de uma forma interativa e artística com os alunos.

O secretário pontuou, ainda, que o concurso é fruto da parceria entre a secretaria Estadual de Educação, Superintendência Estadual de Turismo e Assembleia Legislativa.

Leia Mais:

 Alunas que pintaram belezas de Rondônia são premiadas em frente ao Palácio Rio Madeira

 Governo de Rondônia realiza premiação de Projeto “Dia de Ler. Todo Dia” em Porto Velho

 Atleta do tetratlo disputa uma das sete finais no último dia dos Jogos Escolares em Santa Catarina

 


Fonte
Texto: Cléber Souza
Fotos: Cléber Souza
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Evento, Governo, Rondônia, Sociedade, Turismo


Compartilhe