Governo de Rondônia
Quinta, 05 de agosto de 2021

TRABALHADOR

Conferência vai indicar delegados para debate nacional

26 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Pimentel destacou avanços do setor em RO

Pimentel destacou avanços do setor em RO

Com o objetivo de analisar e as prioridades e elaborar propostas para municípios, macro-regiões, estados e União, para a implementação da Política Nacional de Saúde (PNS) do Trabalhador, considerando os processos produtivos no território e a situação de saúde dos trabalhadores, foi aberta na quarta-feira, 25, e encerra-se nesta sexta-feira, 27, a Segunda Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador.
O evento é uma parceria do governo de Rondônia, através do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Rondônia (Cerest) e o Ministério da Saúde. Participam, também, o Conselho Nacional de Saúde (CNS) e o Conselho Estadual de Saúde (CES).
De acordo com o presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES), Raimundo Nonato, além de debater as saídas para o avanço da qualidade da saúde do trabalhador em Rondônia, a conferência tem em sua pauta a escolha de 12 delegados que vão representar o Estado durante a Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador, que acontece em novembro deste ano.

Raimundo Nonato, presidente do CES

Raimundo Nonato, presidente do CES

Dentre os temas debatidos se destacou uma Mesa Redonda sobre Desenvolvimento Socioeconômico e seus Reflexos na Saúde do Trabalhador. A palestra foi ministrada por Jorge Mesquita Huet Machado, coordenador-geral de saúde do trabalhador do Ministério da Saúde.
Durante a abertura da conferência, o secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, destacou o compromisso do governo com a melhoria da qualidade da saúde do trabalhador. Pimentel citou o investimento da Sesau, através do Cerest, em cursos, palestras e seminários que tratam sobre a importância da saúde de todos os servidores do governo, do trabalhador do campo e cidade.
Pimentel ressaltou a importância do terceiro eixo da conferência que trata sobre a efetivação da política nacional de saúde do trabalhador, considerando os princípios da integralidade e de seus setores, nas três esferas de governo: União, estados e municípios. A conferência acontece no hotel Rondon, em Porto Velho.
Na prática

Conferência contou com público acima da média

Conferência contou com público acima da média

Segundo Raimundo Nonato, do CES, a execução das diretrizes está embasada na atuação dos órgãos governamentais envolvidos por meio de plano de ações. Formado por oito objetivos, este plano é dividido em tarefas de curto, médio e longo prazos, além de um conjunto de tarefas de caráter permanente.
Para a rotina do trabalhador, por exemplo, são adotados dispositivos legais e princípios comuns de saúde e segurança no trabalho (SST) para todos os trabalhadores (do setor público e privado), independentemente de sua inserção no mercado, com elaboração, aprovação, implementação e fiscalização conjunta do poder público, em processo dialogado com as organizações dos empregadores e dos trabalhadores.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Cursos, Evento, Governo, Inclusão Social, Rondônia, Saúde


Compartilhe