Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

PARCERIA

Confúcio Moura anuncia gestão compartilhada de governo na abertura do ano legislativo em Rondônia

17 de fevereiro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O governador Confúcio Moura anunciou nessa terça-feira (16), na sessão solene de início do ano legislativo, uma gestão compartilhada com os outros poderes para enfrentar com criatividade e apoio popular a crise econômica do País.

GOVERNADOR ALE

Confúcio levou a mensagem do governo na abertura do Ano Legislativo

As ações constam da mensagem que aponta os projetos e investimentos do governo para o ano de 2016, com apoio de instituições, como a Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e Ministério Público. Entre as ações estão os programas floresta plantada e dos resíduos sólidos em tramitação na Comissão de Meio Ambiente da Casa de Leis.

Com o plantio de florestas em áreas degradadas ou impróprias para a agricultura, Rondônia não necessitará mais desmatar e executar sua política de desenvolvimento sustentável a contento, e servirá também como reservatório para concentração e liberação de oxigênio à natureza.

É, segundo o governador, a fórmula ideal que o País precisa para que Estados como Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, grandes produtores de alimentos, consigam manter seus PIBs [Produto Interno Bruto] positivos, a partir de novos modelos de desenvolvimento sustentável. Resultado que em Rondônia vem da força e da capacidade empreendedora dos brasileiros que vieram de várias regiões do País para desenvolver o estado.

O setor do agronegócio avança na direção da inovação tecnológica e dos investimentos no campo, demonstração, segundo ainda o governador, de que os brasileiros das diferentes regiões que vieram para ajudar a desenvolver o estado esperam agora dos governantes e políticos ações capazes de gerar bem-estar a toda à sociedade. “Nós, agentes públicos, temos é que nos esforçarmos e aproveitarmos esse momento político para darmos satisfação à nossa população e a quem nos elegeu. Afinal, a situação do País precisa disso”.

Confúcio Moura fez também um balanço dos investimentos em água tratada e rede de esgoto na maioria dos municípios, com um investimento de R$ 486 milhões para a rede de esgoto em vários municípios, com financiamentos da Caixa Econômica e contrapartida do estado.

Além de mais recursos para dotar a maioria dos bairros de Porto Velho e outros municípios, como Jaru e Ji-Paraná, de 100% de água tratada. Ele explicou que o sistema de captação, tratamento e distribuição de água de Jaru já foi concluído, e Ji-Paraná receberá R$ 38 milhões para o setor.

Como Rondônia é um dos estados brasileiros signatários do pacto para redução de gases poluentes no meio ambiente, o governador fez um apelo para que a classe política ajude, por meio de discursos difundidos principalmente pelas novas mídias e redes sociais, na conscientização da população a apoiar os esforços das instituições responsáveis pelas ações de desenvolvimento sustentável na preservação dos recursos naturais e redução dos efeitos dos gases poluentes na atmosfera.

Lembrou que a Igreja Católica aderiu ao tema e incluiu na Campanha da Fraternidade de 2016 o tema “A Casa Comum a Nossa Responsabilidade”, alertando os fiéis para a importância da conservação dos recursos naturais e do meio ambiente que sofre influência do efeito estufa, como a própria “distribuição” das chuvas em Rondônia em época diferente.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: José Hilde Tacanã/ALE
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe