Governo de Rondônia
Terça, 17 de setembro de 2019

EQUILÍBRIO

Contas de 2011 e 2012 do governo de Rondônia são aprovadas por unanimidade pelo Tribunal de Contas do Estado

05 de julho de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Por unanimidade as contas do governo estadual, referentes aos exercícios 2011 e 2012, foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) em julgamento nesta quarta-feira (5). De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil, Emerson Castro, que acompanhou a apreciação, as contas começaram a ser analisadas em 21 de julho de 2016, quando o voto dos relatores era pela reprovação. Mas com o pedido de vista do conselheiro Francisco Carvalho, e a apresentação de documentos com dados explicativos que sanaram as dúvidas, constatou-se o equilíbrio, e os próprios relatores acabaram reformulando seus votos, e, por fim, as contas tiveram o entendimento unânime dos conselheiros pela aprovação.

Secretário-chefe da Casa Civil, Emerson Castro

“As duas contas aprovadas são dos dois primeiros anos do governador Confúcio Moura, quando havia um cenário de ajustes e busca de informações. Agora estamos num período mais favorável”, disse Emerson Castro, confiante no resultado dos demais exercícios.

Para o chefe da Casa Civil, o controle dos gastos e investimentos do governo é fruto do entendimento do governador de trabalhar bem a execução das políticas públicas voltadas ao cidadão, e também à presença do TCE-RO com indicação das ferramentas de melhor governança, e que são absorvidas tão bem pelo governo. “O governador reconhece e agradece essa contribuição do TCE ”, afirmou.

Emerson Castro ainda destacou a atuação da equipe da Contabilidade do estado, Controladoria Geral (CGE) e Procuradoria Geral (PGE) na defesa e apresentação dos dados que levaram a mais um resultado positivo para o governo. “A aprovação das contas é a comprovação de que as políticas públicas de saúde, educação, segurança e assistências social estão sendo bem aplicadas”, ressaltou.

Acompanharam ainda o final do julgamento no TCE-RO, o procurador-geral do estado, Juraci Jorge; o secretário de estado de Planejamento, Orçamento e Gestão Pública, George Braga; e o controlador-geral, Francisco Netto.

Leia mais:

 Ranking da CGU dá nota 10 a Rondônia em transparência e combate à corrupção


Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Jeferson Mota
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Educação, Governo, Justiça, Rondônia, Saúde, Segurança


Compartilhe