Governo de Rondônia
Terça, 23 de abril de 2019

DICAS DO CORPO DE BOMBEIROS

Corpo de Bombeiros alerta para os cuidados com a iluminação natalina

21 de dezembro de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

O Corpo de Bombeiros orienta a desligar pisca-piscas e outros equipamentos de iluminação antes de sair de casa.

Ele é considerado o mês mais inspirador do ano e por causa do fenômeno solstício de verão, registra os dias mais longos do ano também. É o período em que as pessoas estão mais receptivas e até caridosas e, sem dúvidas, um mês de muito consumo. Apressado, como não deveria ser, para quem se encanta com o período festivo, restam poucos dias para aproveitar o mês de dezembro, com certeza, o mês mais iluminado do ano.

Basta dar uma voltinha pelas ruas e pelo centro comercial para constatar que o colorido tomou conta das cidades, assim como as famosas luzes do natal. Tudo lindo! Mas para o Corpo de Bombeiros, um período em que também devemos ficar atentos para evitar acidentes domésticos. Dessa vez, relacionados com energia elétrica. Isso mesmo. Os fios elétricos precisam ser inspecionados criticamente antes de sair das caixas, gavetas e sacolas que os embalam, direto para árvores natalinas ou para servir de decoração em ambientes domésticos e comerciais.

Lucelma Cordeiro, diretora de Comunicação do Corpo de Bombeiros alerta para os cuidados necessários com a fiação, para evitar que fios descascados ou rachados fiquem expostos e sirvam de motivação para incêndios. “Os fios geralmente ficam guardados durante todo o ano e com o tempo, devido ao calor, a cobertura que os reverte começa a romper, por isso é importante observar com atenção antes de usar”, orienta.

A ligação direta de fios, uso de indevido e até sobrecarga de extensões distribuidoras de energia podem ocasionar acidentes.

Outro cuidado é com o fato de se desligar pisca-piscas e outros equipamentos de iluminação antes de sair de casa para o trabalho, lazer ou viagens e durante à noite. “Se na casa tiver disjuntor, afasta os riscos, pois em caso de curto-circuito, ele desarma e termina protegendo o patrimônio. O problema é que nem todas as casas possuem disjuntor, o que dimensiona o risco de acidentes”, alerta Lucelma. Ela também chama a atenção para as famosas gambiarras que o brasileiro criativamente inventa e que termina colocando tanto sua vida quanto das demais pessoas em risco, como ligação direta de fios e uso de indevido e até sobrecarga de extensões distribuidoras de energia.

Outro fator observado pela oficial é em relação a exposição de fios iluminados sobre grades e portões. “Se os fios estiverem descascados oferecem risco de choque para os moradores e visitantes da casa. A voltagem do pisca-pisca é pequena, mas o recomendável é evitar qualquer tipo de acidente”, recomenda.

E até mesmo os fios dos pisca-piscas se estiverem descascados envolvendo a árvore de natal oferecem risco. Isso porque as árvores são inflamáveis e com o contato direto e por muito tempo, pode causar curto circuito e até ocasionar um incêndio. “São recomendações apenas para a população manter a atenção nos materiais, fazer vistoria nos equipamentos, cuidar para desligar as luzes, principalmente as próximas de locais inflamáveis. Para tornar um final de ano somente festivo, sem ocorrências de acidentes”, finaliza.

Leia mais:

 Falta sangue na Fhemeron, parcerias são bem-vindas no Natal e Ano Novo

 Validade, pesquisa de preço, tipos de pagamento, trocas de produtos: Procon Rondônia dá dicas de compras

 


Fonte
Texto: Mineia Capistrano
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Governo, Rondônia


Compartilhe