Governo de Rondônia
Domingo, 13 de junho de 2021

PROJETO

Corpo de Bombeiros inicia preparativos para a edição 2018 do Bombeiro Mirim em Porto Velho

10 de outubro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Iniciado em Guajará-Mirim, em 2003, ampliado em seguida para os municípios de Jaru, Machadinho do Oeste e Ouro Preto do Oeste, o Bombeiro Mirim, projeto social idealizado pelo governo de Rondônia, será retomado em 2018, começando por Porto Velho, com previsão de início em março, com vistas a atender a pelo menos 40 crianças e adolescentes que sonham em integrar o Corpo de Bombeiros Militar. Para os demais municípios ainda não há calendário definido. Conforme o capitão bombeiro Wândrio Bandeira, a expectativa é que as inscrições e o processo seletivo sejam realizados em janeiro.

o projeto será reformulado e padronizado nas cinco unidades onde é desenvolvido

O capitão adiantou que serão contemplados crianças e adolescentes de 8 a 14 anos, de ambos os sexos, selecionados por meio de processo seletivo realizado pelo Corpo de Bombeiros em parceria com a Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) e o Poder Judiciário.

O capitão adiantou que o projeto encontra-se na fase de aquisição de materiais e equipamentos, como fardamento e materiais didáticos. A proposta, anunciada em novembro do ano passado, é que sejam padronizadas as atividades e disciplinas em todos os municípios onde o projeto é desenvolvido. Sobre a ampliação a outros municípios onde existe Corpo de Bombeiros, apesar do interesse da corporação, o capitão explicou que isso depende da parceria com as prefeituras.

O projeto oferece aulas nas unidades do Corpo de Bombeiros três vezes por semana, sempre no horário inverso ao do ensino regular; uniforme, alimentação e transporte. Pelo menos mil crianças e adolescentes já foram beneficiados nesses 14 anos de existência do projeto, que prioriza os que têm famílias desestruturadas, problemas de relacionamento e disciplina na escola e na sociedade. Entre os critérios de seleção, estão também notas escolares, renda familiar e aptidão física do candidato.

No decorrer do projeto, são repassadas informações sobre noções de primeiros-socorros, treinamento físico, preservação ambiental, prevenção e combate a incêndios, sobrevivência na selva, entre outros.

Para o governador Confúcio Moura, assim como o Corpo de Bombeiros é uma instituição que tem como papel salvar vidas, o projeto também é uma forma de salvar a vida de muitas crianças, que não têm perspectiva de futuro e desconhecem suas habilidades e capacidades. “E é isso que o Bombeiro Mirim faz: resgatar vidas para uma sociedade melhor”.

Leia mais:
Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Rondônia abrem inscrições para a seleção de 200 jovens para serviço administrativo
Projeto Bombeiro Mirim será reformulado em 2017

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Inclusão Social, Rondônia


Compartilhe