Governo de Rondônia
Quinta, 25 de fevereiro de 2021

CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO

Curso para certificação de origem de plantas é oferecido a engenheiros agrônomos de Rondônia

10 de junho de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) vai promover um curso para habilitação de engenheiros agrônomos para emissão de Certificado Fitossanitário de Origem (CFO). O Certificado é documento obrigatório que garante a sanidade e permite o transporte de produtos de origem vegetal.

O curso ocorrerá entre os dias 27 de junho e 01 de julho, no Centro de Treinamento da Emater (Centrer), em Ouro Preto do Oeste. A inscrição para o curso é gratuita e pode ser feita através do site da Idaron. Até sexta-feira (10), mais de 70 inscrições foram efetuadas das 100 vagas disponibilizadas para o curso.

O curso abordará duas partes: uma com orientação geral sobre normas, procedimentos e exigências para a certificação fitossanitária e outra com orientação específica sobre as pragas mosca da carambola; greening; cancro cítrico; pinta preta; moko da bananeira; sigatoka negra; ácaro vermelho das palmeiras; e, nematoides.

O coordenador do evento, fiscal agropecuário da Idaron Rodrigo Guedes, explica que algumas dessas pragas não tem registro da presença em Rondônia, mas que elas existem em outros estados brasileiros. “Se a praga entrar no Estado, o fiscal já vai saber como proceder”.

Guedes explica ainda que a habilitação para emitir CFO é válida por cinco anos, podendo ser renovada por mais cinco. “Para a renovação é necessário que seja feita solicitação por escrito à Idaron 30 dias antes do vencimento”.

De acordo com a gerente de Defesa Vegetal da Idaron, Rachel Barbosa, é de vital importância o Estado ter responsáveis técnicos habilitados para dar garantia sanitária, assegurar a boa procedência e evitar problemas e prejuízos como aquisição de mudas doentes. ‘Principalmente para mudas de café que a partir de 18 de julho estarão sob regulamentação da Portaria 558 a qual prevê a exigência de emissão de PTV [Permissão de Trânsito de Vegetal], que tem embasamento na CFO.”

O último curso para habilitação para emissão de CFO ocorreu em 2009.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Capacitação, Cursos, Governo, Rondônia


Compartilhe