Governo de Rondônia
Terça, 27 de julho de 2021

Obras

Diretor do DER destaca resultados de um ano à frente da pasta de obras do governo de Rondônia e fala em projetos prioritários para 2017

01 de dezembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O início do asfaltamento do anel viário de Ji-Paraná e a retomada das obras do Novo Espaço Alternativo de Porto Velho foram listados pelo diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), Ezequiel Neiva, como algumas das ações marcantes em seu primeiro ano à frente da pasta de obras do governo de Rondônia.

Ezequiel Neiva citou o asfaltamento do anel viário de Ji-Paraná como uma das obras mais importantes do governo

Ezequiel Neiva citou o asfaltamento do anel viário de Ji-Paraná como uma das obras mais importantes do governo

Neiva frisou que tanto o anel viário quanto o Espaço Alternativo são obras marcantes para os respectivos municípios, mas que estavam paralisadas e precisavam de solução. “Fui nomeado pelo governador Confúcio Moura no dia 1º de dezembro de 2015. Recebi inúmeras recomendações, mas duas delas (anel viário e Espaço Alternativo) encabeçavam a lista de prioridades do governador”, afirmou.

Para o anel vário, o diretor disse que foi contratada uma empresa para executar a obra, mas nada foi realizado e o contrato foi rescindido, inclusive na Justiça. Foi quando o governador Confúcio decidiu que o DER faria a obra com maquinário e servidores próprios, num dos maiores desafios para o Departamento. “Hoje temos cerca de seis quilômetros de capa asfáltica e outros três quilômetros com base pronta para receber a camadas de asfalto quente, e vamos concluir o projeto em 2017”, salientou.

Para Neiva, a retomada do Espaço Alternativo foi outra batalha vencida pelo governo de Rondônia. Ele destacou que o DER precisava de licenças expedidas pela prefeitura e até pela Aeronáutica. “Todos os problemas foram sanados graças ao empenho dos servidores do DER, e o mais importante é que as obras estão em andamento”, comemorou.

Mais de 70 frentes de serviço

O diretor analisou que o ano de 2016 foi bastante produtivo, com o DER chegando a mais de 70 frentes de serviços executados pelas 15 Residências Regionais, pelas quatro usinas de asfalto junto com a Coordenadoria de Ações Urbanísticas (CAU) e obras contratadas.

Nas obras realizadas por servidores próprios do DER, foram concluídos o asfaltamento urbano em Cujubim, Ouro Preto do Oeste, Parecis e Pimenta Bueno; e ainda estão trabalhando em Seringueiras, Rio Crespo, Porto Velho, Jaru, Ji-Paraná e Mirante da Serra.

Na recuperação de rodovias, o governo atua nesta semana na restauração da RO-490, que dá acesso a Alto Alegre; e na RO-492, de São Felipe a Parecis. “Estes são apenas alguns dos exemplos das obras executadas e em andamento. Além disso, as nossas 15 Residências Regionais trabalham com três frentes de serviço, cada uma na manutenção da malha viária estadual não-pavimentada”, acrescentou Neiva.

Planejamento

Tão importante quanto as obras já realizadas ou em andamento, está o planejamento elaborado para 2017/18. O governo fará, segundo o diretor-geral do DER, a recuperação de 100% da malha viária estadual pavimentada. Ezequiel Neiva ressaltou que todo maquinário e equipamentos para manutenção das rodovias já foram comprados. Explicou que mais de mil quilômetros de estradas asfaltadas precisam de recuperação e o novo pavimento é antigo e está se deteriorando.

“Além disso, em 2017 daremos continuidade nos projetos de pavimentação de diversas rodovias, como a RO-257, de Ariquemes a Machadinho do Oeste; da BR-421, no acesso a Campo Novo; e  da BR-435 (RO-399) de Cerejeiras a Pimenteiras, entre outras”, acrescentou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nilson Nascimento
Fotos: Nilson Nascimento
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Infraestrutura, Obras, Rondônia, Saneamento, Servidores


Compartilhe