Governo de Rondônia
Sábado, 31 de julho de 2021

SEGURANÇA

Rondônia anuncia mesa integradora para agilizar ações no sistema prisional

27 de janeiro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

O enfrentamento à crise nos sistemas prisionais requer dos estados medidas de atuação em diversos órgãos da administração direta e indireta. Com a proposta de convergir as ações e dar celeridade à implementação de políticas para esta finalidade, o Estado de Rondônia criou uma equipe de trabalho denominada mesa integradora.

Comitiva de Rondônia em reunião com o secretário nacional de Justiça, Gustavo Castro

Comitiva de Rondônia em reunião com o secretário nacional de Justiça, Gustavo de Castro

A articulação deste grupo com a Secretaria Nacional de Justiça (SNJ) e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) foi demandada pela equipe de trabalho para que se tenha maior êxito nas ações prisionais.

Esta foi a temática das reuniões nos dois órgãos debatidas pelo secretário de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania, Lioberto Caetano; o chefe da Casa Civil, Emerson Castro; e a secretária-executiva da Governadoria de Rondônia, Cira Moura, na terça-feira (24), em Brasília.

Caetano ressaltou ao nacional de Justiça, Gustavo de Castro Sampaio, que o sistema prisional também demanda questões relacionadas ao judiciário, razão pela qual o governo de Rondônia tem articulado com diversos setores estaduais e tem trabalhado em conjunto com representantes de todos os poderes.

Sua ida a Brasília é uma demanda na qual juntamente com outros secretários tem buscado formas de operacionalizar as ações em parceria com o governo federal, asseverou Caetano. “Vamos atuar na proporção, a cada dois militares estaduais terá um da Força Nacional. Pedimos ao todo 150 homens da forças armadas para cumprir o plano na parte tática operacional”.

Emerson Castro ressaltou que o Estado de Rondônia já norteou sua organização na direção do plano nacional apresentado para os demais estados da região Norte, especialmente na questão de proteger as fronteiras e evitar o crime transnacional. Para ele, foi importante apresentar as ações que já foram executadas anteriormente a reunião no Palácio do Planalto no dia 17 de janeiro.

O secretário Chefe da Casa Civil descreveu a plataforma integradora que monitora e subsidia todos os encaminhamentos da mesa integradora. “É uma plataforma eletrônica online onde todos os atores vão saber cada passo de cada órgão pra mitigar essa crise, não apenas no sistema carcerário. Tenho certeza que em curto prazo Rondônia vai se apresentar ao país, como um modelo de gestão integrada eficiente no combate à violência e na ampliação da sensação da segurança pública”, afirmou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Alex Nunes
Fotos: Alex Nunes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Justiça, Rondônia, Segurança


Compartilhe